Uma professora de uma creche de Boca Raton, na Florida, foi presa, acusada de quebrar a perna de um aluno de três anos na semana passada. Segundo a polícia, Estefany Acosta, 24 anos, trabalhava na Early Learning Academy, na Yamato Road, e foi presa na terça-feira (14), sob acusação de abuso infantil agravado.

De acordo com o relatório da polícia de Boca Raton, a mãe do garoto o pegou na escola na sexta-feira (10) e percebeu que ele “parecia estar com muita dor”. Segundo ela, “ele estava tremendo, urinou na roupa e não havia lanchado”, diz o relatório.

Questionado, o garoto disse à mãe que sua professora “sentou em sua perna porque ele estava se comportando mal”. Em casa, durante a noite, o menino teve problemas para caminhar ou ficar de pé, então sua mãe o levou ao West Boca Medical Center, onde um raio-X revelou que a perna estava quebrada.

Segundo o relatório, a professora havia inicialmente relatado à direção da creche que o garoto estava se comportando mal e machucou a perna depois de chutar uma cadeira de metal.

Mas ela logo mudou a versão quando a equipe administrativa da escola a confrontou, lembrando que a sala de aula estava sob vigilância por câmera. Ela ficou nervosa e disse então que o garoto “poderia ter sido ferido quando ela acidentalmente caiu sobre ele”. No entanto, depois que a polícia analisou o vídeo de vigilância, Estefany revelou o que realmente aconteceu.

Publicidade
Curso de inglês

Birra

De acordo com o depoimento da professora à polícia, as crianças estavam brincando no parquinho durante o recreio, quando começou a chover. Ela então as colocou mais cedo para dentro da sala. O garoto ficou chateado com isso e começou a fazer birra, sentando no tapete sozinho, se recusando a ficar com os outros alunos, cuspindo no tapete e ignorando a professora.

Ela admitiu ter pego a criança pelos braços e a carregado pela sala, colocando-a de bruços no tapete. Segundo o relatório policial, com base nas imagens da câmera de vigilância, quando ela colocou o menino no chão e se ajoelhou ao lado dele, o vídeo mostrou o joelho dela em cima da perna direita do garoto, momento em que ele é visto segurando a perna com dor.

A direção da escola demitiu a jovem, que trabalhava lá desde novembro. O Departamento de Crianças e Famílias da Flórida, juntamente com a polícia, estão investigando o caso.

(Com informações da NBC Miami)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes