Enquanto muitos de nós estaremos comemorando o Dia dos Namorados na sexta-feira (14), no Condado de Montgomery, em Maryland, os policiais estarão multando os motoristas distraídos que forem pegos segurando celulares. As patrulhas serão intensificadas para evitar que os condutores usem o aparelho enquanto dirigem.

“Embora tenhamos um grande esforço de fiscalização, claramente com o comportamento dos motoristas e com o uso de celulares tão predominante, precisamos fazer mais e melhor”, entende Tom Didone, chefe assistente interino do departamento.

Então, no Dia dos Namorados, espere ver a polícia com força total desde a manhã até a noite em áreas problemáticas ao redor do município. Esses esforços decorrem da campanha Vision Zero, que visa reduzir as mortes e feridos graves nas estradas do condado em 40% este ano e eliminá-los até 2030.

Nas primeiras semanas deste ano, três pedestres foram mortos no município. “Oficiais que não executam rotineiramente a fiscalização do trânsito serão enviados para as rodovias para trabalhar com nossa patrulha e oficiais de trânsito para aplicar agressivamente as leis naquele dia”, avisa Didone. “Quando estivermos lá fora, estaremos realizando aplicação de tolerância zero; portanto, se o virmos, vamos impedi-lo”, reitera.

Depois de parar o carro, o policial decide se deve emitir um aviso ou uma multa. No entanto, os policiais são incentivados a fazer citações, conforme Didone.

Publicidade

A multa por enviar mensagens de texto enquanto dirige é de US$ 70, além de um ponto no registro de condução. A infração por segurar o celular na mão quando estiver ao volante custa US$ 83 (sem pontos na primeira vez) e os policiais não aceitam como desculpa usar o telefone como um GPS.

“Parei um motorista outro dia que claramente segurava o telefone e falava”, conta Didone. “Eu podia ver seus lábios se movendo. Mas quando eu o abordei, ele tentou me mostrar que estava usando o GPS”, relata.

A lei de Maryland não permite que o motorista segure um celular na mão, mesmo se estiver usando GPS. A repressão do Dia dos Namorados será a primeira de muitas em 2020, segundo Didone. “O objetivo é ter essa intensificação, além de nossa aplicação regular, duas ou três vezes por mês, todos os meses ao longo do ano”, informa.

O departamento está no processo de obter carros não plotados para alguns de seus oficiais de trânsito, para que possam pegar mais facilmente os motoristas distraídos em flagrante. Não foi divulgado quantas viaturas serão usadas ou quando chegarão à estrada, mas Didone estima que os policiais comecem a usá-los ainda este ano.

(Com informações de WTop)

Publicidade