Imediatamente após a grande explosão de gás ocorrida no noroeste de Baltimore, em Maryland, nessa segunda-feira (10), centenas de equipes de resgate vasculharam os escombros em busca de sobreviventes. A seguir virá o processo potencialmente demorado de determinar o que exatamente desencadeou a explosão, que destruiu três casas, matando uma mulher e ferindo gravemente pelo menos outras sete pessoas.

“Essas investigações podem levar meses, se não mais. No momento, nossos pensamentos estão com os residentes da Labyrinth Road”, afirma Jason Stanek, presidente da Comissão de Serviços Públicos de Maryland.

Junto com os primeiros socorristas em cena estavam representantes de várias agências que trabalharão para investigar a causa da explosão. Investigadores da Comissão de Serviços Públicos do estado, encarregada de regulamentar as empresas de serviços públicos, como as fornecedoras de gás, estiveram lá ao lado de inspetores federais e locais.

A Baltimore Gas and Electric Co. divulgou um comunicado dizendo que funcionários da empresa vão inspecionar adutoras de gás, tubulações de serviço e medidores de gás. Eletrodomésticos e tubulações de propriedade do cliente também serão investigados. “Além disso, a BGE está revisando os registros para esta área, incluindo quaisquer odores de gás relatados, resultados de inspeção recentes e reparos”, diz a nota emitida pela empresa.

Rich Langford, presidente dos bombeiros locais 734 de Baltimore, disse que embora seja vital que os investigadores façam seu relatório da maneira certa, também é importante fazer uma determinação o mais rápido possível para que medidas possam ser tomadas para evitar desastres semelhantes.

E embora a causa da explosão não seja imediatamente clara, ele e outros bombeiros há muito expressam preocupação com o envelhecimento da infraestrutura de gás da cidade.

Cerca de um terço das redes de distribuição de gás da BGE, um quarto de seus serviços de gás e metade de suas redes de transmissão têm mais de 50 anos, segundo relato do vice-presidente da empresa para distribuição de gás, Chris Burton, à Comissão de Serviços Públicos em maio.

Aproximadamente 15% de seu sistema de distribuição de gás em massa é composto por “materiais obsoletos”. Só no ano passado, mostram os dados, os trabalhadores da BGE realizaram mais de 8,6 mil reparos de vazamento de gás.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

Outros casos

As recentes explosões de alto perfil em Maryland levaram meses ou anos para serem investigadas. Uma explosão de gás natural destruiu parcialmente um shopping center em Columbia em agosto de 2019. Conforme Stanek, sua comissão está na “reta final” para concluir o relatório sobre o que aconteceu então, mas não pode compartilhar detalhes.

Exatamente quatro anos antes da explosão dessa segunda-feira em Baltimore, um complexo de apartamentos em Silver Spring desabou parcialmente, matando sete pessoas. O relatório do National Transportation Safety Board sobre a explosão de gás levou três anos para ser publicado.

Destruição

A explosão dessa segunda-feira ocorreu por volta das 10 horas da manhã e pôde ser ouvida a quilômetros de distância. O impacto levou ao desmoronamento de três casas de dois andares no quarteirão 4200 da Labyrinth Road, logo atrás do shopping center Reisterstown Road Plaza, perto do limite entre a cidade e o condado.

Também foram atingidas várias casas adjacentes – em alguns casos, a explosão estourou as janelas, arrancou portas das dobradiças e derrubou as pessoas dentro de casa. Um morador relatou ter visto tijolos alojados no fundo da porta de metal de um carro estacionado do outro lado da rua.

Os vizinhos correram para o local em busca de sobreviventes enterrados nos escombros. Mais de 200 equipes de emergência rapidamente se juntaram à busca e retiraram pelo menos um homem e uma mulher dos escombros após cerca de duas horas de esforço. As autoridades não forneceram as idades das pessoas resgatadas, mas testemunhas disseram que ouviram crianças pedindo ajuda após a explosão.

Três homens foram tratados no Centro Médico da Universidade de Maryland por ferimentos causados ​​pela explosão de gás. Um estava em estado crítico, um estava sério e o outro estava em boas condições, disse a porta-voz Lisa Clough.

(Com informações de Baltimore Sun)

Publicidade
CCA idiomas