Os manifestantes tomaram as ruas em Washington, DC, na manhã desta quinta-feira (3), pedindo mudanças após um jovem ter sido baleado e morto pela polícia na tarde anterior, no Sudeste. O tiroteio – um dos dois que envolveram policiais de DC nessa quarta-feira (2) – gerou um protesto com cerca de 100 pessoas do lado de fora de uma delegacia na noite de quarta e uma nova manifestação nesta quinta. O outro tiroteio não resultou em feridos e os suspeitos continuam sendo procurados pela polícia.

Nas manifestações, imagens de TV mostram uma faixa pedindo que a prefeita Muriel Bowser demita o chefe de polícia, Peter Newsham. Cerca de uma dúzia de manifestantes se reuniram em frente à casa da prefeita gritando “sem justiça, sem paz”, com a polícia nas proximidades.

Versão oficial

Segundo as autoridades, por volta das 16 horas, a polícia respondeu na Orange Street Southeast, a leste da Base Conjunta de Anacostia, para investigar um homem com uma arma.

Os policiais encontraram pessoas dentro e ao redor de um veículo e, ao ver a polícia, duas delas teriam fugido a pé. Um dos suspeitos teria sacado uma arma enquanto era perseguido e um policial disparou sua arma e o feriu. Ele foi identificado como Deon Kay, de 18 anos, morador do Sudeste. O jovem chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O outro suspeito escapou e não foi preso.

A polícia também prendeu Marcyelle Smith, 19, do Sudeste, sob a acusação de porte de pistola sem licença; e Deonte Brown, 18, do Sudeste, sob a acusação de não ter licença.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Entrevista

No início de uma coletiva de imprensa, o chefe de polícia, Peter Newsham, não comentou porque o policial atirou enquanto o suspeito estava fugindo, dizendo que seria “impróprio” especular sobre o que levou os policiais a abrir fogo e que uma investigação sobre o tiroteio será conduzida.

“Acreditamos que o suspeito estava armado na época”, disse Newsham a repórteres. Membros da comunidade no local contestaram essa afirmação, relatou a Associated Press.

A polícia alegou que duas armas foram recuperadas do local do tiroteio. Várias ruas foram fechadas enquanto os policiais conduziam uma investigação. A filmagem do incidente feita pelas câmeras corporais dos policiais deve ser divulgada nesta quinta-feira. Qualquer pessoa com informações sobre o que aconteceu pode fazer denúncias pelo telefone (202) 727-9099.

(Com informações de WTop)

Publicidade
CCA idiomas