Após um 2019 violento, o Ano Novo já começa com o registro de assassinatos na área de DMV. A polícia do Condado de Prince George, em Maryland, está investigando seu primeiro homicídio do ano, depois que uma mulher foi encontrada morta dentro de casa por ferimentos a bala, após relatos de tiros disparados nas proximidades.

O crime por volta das 23h30min dessa quarta-feira (1º), no bloco 7400 da Varnum Street, na área de Landover Hills. Balas atravessaram a janela da cozinha e acertaram a vítima, que foi declarada morta em cena. Ainda não há informações sobre suspeitos ou a motivação para o homicídio.

Virginia

A polícia do Condado de Fairfax, na Virginia, também está investigando a ocorrência de disparos no Viva Tequila, no quarteirão 6200 da Little River Turnpike, em Alexandria. Uma pessoa ficou gravemente ferida, mas as autoridades não divulgaram mais informações sobre o caso registrado no banheiro do restaurante, por volta das 21h30min dessa quarta-feira.

Na madrugada, três pessoas ficaram feridas após um tiroteio perto de um hotel em Tysons Corner, conforme a polícia do Condado de Fairfax. O caso foi registrado por volta das 3 horas, no quarteirão 8600 da Westwood Center Drive, durante uma festa. As vítimas foram levadas ao hospital com ferimentos não fatais.

DC

Um memorial solene de cruzes em exibição no gramado da Igreja Faith United Church of Christ em Northeast DC lembra os mortos por assassinato em 2019. O Distrito viu um número recorde de homicídios no ano passado, 166, um aumento de 4% em relação a 2018, de acordo com dados divulgados pela polícia. Um fator comum na maioria desses assassinatos é o uso de armas de fogo.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

O lembrete sombrio do ano mais mortal do Distrito em uma década foi formado pelos irmãos de uma das vítima da violência armada.

Baltimore

Baltimore quebrou seu recorde anual de homicídios per capita após atingir 342 assassinatos na última sexta-feira (27). Os últimos números divulgados mostram que pelo menos outros seis foram cometidos até o fim do ano.

Com pouco mais de 600 mil habitantes, a cidade atingiu uma taxa historicamente alta de homicídios de cerca de 57 por 100 mil pessoas. A nova taxa supera a de 1993, quando a cidade teve um recorde de 353 assassinatos, mas era muito mais populosa antes de anos de êxodo populacional.

 

(Com informações de Fox 5 e Associated Press)

Publicidade
Curso de inglês