À medida que os casos de coronavírus aumentam em vários estados do país, o governador Ralph Northam decidiu impor novas restrições para mitigar a disseminação do vírus na Virgínia. As medidas, que entraram em vigor à meia-noite desse domingo (15), incluem ampliação na obrigatoriedade do uso de máscara, limite de reuniões e na venda de bebidas alcoólicas, além do aumento da fiscalização.

Todos os virginianos com cinco anos ou mais de idade devem usar coberturas faciais em espaços públicos internos. A ordem até então em vigor, editada em maio, exigia que todos os indivíduos com dez anos ou mais usassem máscara em ambientes internos públicos.

Todas as reuniões presenciais públicas e privadas devem ser limitadas a 25 pessoas, contra o limite anterior de 250 pessoas. Isso inclui configurações externas e internas.

A venda, consumo e posse de bebidas alcoólicas são proibidos após as 22 horas em qualquer restaurante, estabelecimento de jantar, praça de alimentação, cervejaria, microcervejaria, destilaria, vinícola ou sala de degustação. Além disso, esses locais devem fechar até a meia-noite.

Publicidade

As empresas varejistas essenciais, incluindo supermercados e farmácias, devem aderir às diretrizes estaduais para distanciamento físico, uso de coberturas faciais e limpeza aprimorada. Embora certas empresas de varejo essenciais tenham sido obrigadas a aderir a essas regulamentações como prática recomendada, as violações agora poderão ser punidas pelo Departamento de Saúde da Virgínia como contravenção.

Métricas

A Virgínia tem uma média de 1,5 mil casos de Covid-19 recentemente notificados por dia, ante um pico estadual de aproximadamente 1,2 mil em maio. Todas as cinco regiões de saúde do estado estão relatando uma taxa de positividade acima de 5%. As hospitalizações aumentaram em todo o estado em mais de 35% nas últimas quatro semanas.

“Embora os casos não estejam aumentando na Virgínia tão rapidamente como em alguns outros estados, não pretendo esperar até que isso aconteça. Estamos agindo agora para evitar que esta crise de saúde piore”, explica o governador.

“Todo mundo está cansado desta pandemia e das restrições em nossas vidas. Estou cansado e sei que você também está cansado. Mas, como vimos no início deste ano, essas medidas de mitigação funcionam. Estou confiante de que podemos nos unir como uma comunidade para controlar o vírus e salvar vidas”, acrescenta.

Publicidade