O Condado de Prince William, na Virginia, reservou mais de US$ 237 mil para cobrir pedidos de indenização trabalhista de cinco funcionários da administração que afirmam ter contraído Covid-19 após serem expostos ao coronavírus no local de trabalho. Brian Misner, o coordenador de gerenciamento de emergência do condado, forneceu informações sobre a exposição dos funcionários pela primeira vez em 4 de agosto, a pedido do conselho de supervisores.

Segundo ele, 40 servidores do condado testaram positivo para o vírus, sendo 22 deles funcionários de segurança pública. O próprio Tribunal Distrital de Prince William teve que ser fechado em 14 de agosto depois que um funcionário testou positivo para coronavírus. Todo o segundo andar do tribunal e outras áreas foram limpos por precaução, conforme o xerife Glen Hill.

Lori Gray, a diretora assistente de finanças do condado para serviços de risco e bem-estar, afirma que o dinheiro na reserva representa os custos médicos pagos até o momento e as reservas esperadas para as despesas futuras dos cinco casos.

Funcionários do condado que sofrem lesões e doenças no trabalho podem ter direito a benefícios para cobrir despesas médicas e salários perdidos, de acordo com a Lei de Compensação dos Trabalhadores da Virgínia.

“O departamento de serviços de risco e bem-estar do condado continua a avaliar as tarefas de trabalho para determinar o nível apropriado de EPIs (equipamentos de proteção individual), treinamento fornecido, protocolos e políticas desenvolvidos para manter os funcionários e visitantes seguros enquanto trabalhando e visitando Prince William”, acrescenta a diretora.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

De acordo com ela, o condado segue as diretrizes dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), da Administração de Segurança e Saúde Ocupacional e do Departamento de Trabalho e Indústria da Virgínia.

Legislação

A Virgínia exige que os empregadores com mais de dois funcionários obtenham seguro de compensação dos trabalhadores. O seguro oferece aos trabalhadores lesados ​​benefícios específicos, enquanto protege os empregadores de ações civis.

Evelyn McGill, diretora executiva da Comissão de Compensação dos Trabalhadores da Virgínia, informou que até 12 de agosto a comissão havia recebido 5.770 reivindicações em todo o estado relacionadas ao coronavírus.

(Com informações de Inside Nova)

Publicidade
Curso de inglês