O Distrito de Columbia expandiu os critérios para testes gratuitos de coronavírus, para incluir trabalhadores assintomáticos de serviços essenciais, que tiveram contato com infectados, em casos confirmados em laboratório. A medida inclui profissionais do comércio, funcionários do governo e de outros setores.

“Todos os dias, temos trabalhadores na comunidade, garantindo acesso a alimentos e outros produtos e serviços essenciais, e esses trabalhadores estão mais seguros e todos os outros, quando sabemos quem tem o vírus e quem foi exposto a ele”, entende a prefeita Muriel Bowser.

“Já sabemos que testes e rastreamento de contatos desempenharão um papel fundamental em todas as etapas de nossa resposta e recuperação, e essa expansão é mais uma estratégia para diminuir a disseminação, proteger os trabalhadores e salvar vidas”, pontua.

“Este é um grande passo na direção certa de testes a 100% dos trabalhadores do setor de alimentos na linha de frente desta crise”, considera Dyana Forester, diretora de assuntos políticos e comunitários. “Os funcionários que trabalham duro em supermercados interagem com centenas de clientes por dia e milhares em uma semana. Todos os dias, eles vêm para o trabalho sabendo que estão colocando em risco a si e suas famílias para manter os residentes do distrito alimentados. É fundamental que eles tenham acesso a testes para garantir a segurança de nossos supermercados e cadeias de suprimentos de alimentos”, defende.

Publicidade

“Apoiamos qualquer esforço para aumentar a disponibilidade de testes gratuitos, à medida que trabalhamos em direção ao nosso objetivo de fornecer acesso a testes gratuitos para 100% dos trabalhadores de mercearia”, completa.

Ampliação

Os trabalhadores de serviços essenciais que apresentaram sintomas compatíveis com a infecção pelo vírus já foram classificados como um grupo prioritário para os testes. Na semana passada, já haviam sido incluídos profissionais de saúde, socorristas e certas populações vulneráveis ​​assintomáticas, mas com histórico de exposição a um paciente com Covid-19. Populações vulneráveis ​​incluem pacientes em instituições de longa permanência; pessoas com 65 anos ou mais; e pacientes com condições de saúde subjacentes.

Atualmente, DC oferece testes gratuitos no United Medical Center (UMC) e no Campus Bertie Backus da Universidade da Comunidade do Distrito de Columbia (UDC-CC). Existem outros locais de testes gratuitos em todo o distrito. Para agendar uma consulta de teste gratuita, residentes e trabalhadores podem ligar para a linha direta de testes em 1-855-363-0333 (em inglês) ou 1-844-796-2797 (inglês e espanhol).

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas