Como parte da estratégia para conter o avanço da Covid-19, o governo de Maryland anunciou nessa quarta-feira (20) que começará o teste universal para o vírus em todas as unidades correcionais e juvenis do estado. Além de todos os detentos, a testagem incluirá os funcionários desses locais.

Para expandir os testes priorizados anteriormente realizados nessas instalações, o governador Larry Hogan instruiu o Departamento de Saúde de Maryland (MDH) a trabalhar com o Departamento de Segurança Pública e Serviços Correcionais (DPSCS) e com o Departamento de Serviços Juvenis (DJS) para realizar os procedimentos.

O governador também anunciou que o estado está entregando mais de 20 mil testes por semana em casas de repouso, além de recursos e suprimentos às jurisdições locais para ajudar a aumentar a capacidade de testagem regional.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

“Nosso estado continua a progredir significativamente em todos os quatro componentes necessários para nossa recuperação, inclusive em nossa estratégia de longo prazo para expandir drasticamente os testes para Covid-19”, enaltece Hogan.

“Para continuar nossos esforços agressivos para direcionar e isolar quaisquer surtos e grupos de casos, concluiremos a distribuição de testes universais para residentes e funcionários de casas de repouso este mês e iniciaremos os testes universais em todas as unidades correcionais e juvenis do estado”, acrescenta. A distribuição de testes para todas as 227 instalações para idosos está a caminho de ser concluída até o final da próxima semana.

Publicidade