De acordo com os últimos dados oficiais divulgados, a área de DMV já contabiliza 8.020 casos confirmados de coronavírus. Mais da metade – 4.045 – está em Maryland, onde já ocorreram 91 mortes em decorrência de Covid-19. Mais de 29,5 mil pessoas foram testadas no estado, que registrou ainda 1.059 hospitalizações e 184 pessoas liberadas do isolamento.

Na Virginia, 24.521 pessoas já foram testadas e 2.878 tiveram diagnóstico positivo para o vírus. Foram necessárias 497 hospitalizações no estado, sendo que 54 pacientes foram a óbito.

Em DC, foram aplicados 7.453 testes, que identificaram 1.097 casos. O Distrito registra 24 mortes por complicações ocasionadas por Covid-19 e tem 287 pessoas recuperadas. Mais dois membros do Corpo de Bombeiros testaram positivo para Covid-19, conforme o comandante Gregory Dean. Com isso, o número total subiu para 34, sete dos quais já se recuperaram e voltaram ao trabalho.

No Condado de Loudoun, na Virgínia, um socorrista que transportou um paciente no sábado (4), deu positivo, de acordo com um comunicado do departamento nessa segunda-feira (6). Ele está isolado e outros 13 membros foram colocados em quarentena.

Maryland

No condado de Prince George, Maryland, o escritório do xerife disse nessa segunda-feira que dois funcionários haviam testado positivo para Covid-19 nos últimos dois dias. Eles estão em quarentena em casa. Quatro outros agentes e quatro trabalhadores civis do departamento também estão isolados.

Um membro da equipe do Departamento de Correções do Condado de Montgomery, em Maryland, testou positivo para Covid-19. O paciente trabalhou pela última vez em uma instituição correcional em Boyds em 26 de março.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

Os funcionários que estiveram em contato com ele estão em quarentena, informou o condado em comunicado. Os internos que tiveram contato com o paciente estão recebendo verificações diárias de temperatura.

E dois membros da equipe de serviços de nutrição de escolas públicas do Condado de Montgomery, Maryland, testaram positivo, de acordo com um comunicado de imprensa do condado nessa segunda-feira.

As autoridades de saúde acreditam que eles trabalharam pela última vez no local de distribuição de refeições da Glen Haven Elementary School em 26 de março, e nenhum dos dois apresentava sintomas na época. O risco para a comunidade é baixo, mas quem visitou o local antes de 26 de março é solicitado a se monitorar quanto a sintomas.

Os sintomas da doença são febre, tosse e falta de ar. As autoridades de saúde pedem a quem tiver esses sintomas que contate o médico. Se você não tem um médico e mora em Washington ou nos subúrbios de Maryland, a prefeita Muriel Bowser recomenda ligar para o Mary’s Center no número 844-796-2797. Se você mora na Virgínia, ligue para 211.

(Com informações de WTop)

Publicidade
CCA idiomas