De acordo com os últimos dados oficiais divulgados, a área de DMV já contabiliza 8.020 casos confirmados de coronavírus. Mais da metade – 4.045 – está em Maryland, onde já ocorreram 91 mortes em decorrência de Covid-19. Mais de 29,5 mil pessoas foram testadas no estado, que registrou ainda 1.059 hospitalizações e 184 pessoas liberadas do isolamento.

Na Virginia, 24.521 pessoas já foram testadas e 2.878 tiveram diagnóstico positivo para o vírus. Foram necessárias 497 hospitalizações no estado, sendo que 54 pacientes foram a óbito.

Em DC, foram aplicados 7.453 testes, que identificaram 1.097 casos. O Distrito registra 24 mortes por complicações ocasionadas por Covid-19 e tem 287 pessoas recuperadas. Mais dois membros do Corpo de Bombeiros testaram positivo para Covid-19, conforme o comandante Gregory Dean. Com isso, o número total subiu para 34, sete dos quais já se recuperaram e voltaram ao trabalho.

No Condado de Loudoun, na Virgínia, um socorrista que transportou um paciente no sábado (4), deu positivo, de acordo com um comunicado do departamento nessa segunda-feira (6). Ele está isolado e outros 13 membros foram colocados em quarentena.

Maryland

No condado de Prince George, Maryland, o escritório do xerife disse nessa segunda-feira que dois funcionários haviam testado positivo para Covid-19 nos últimos dois dias. Eles estão em quarentena em casa. Quatro outros agentes e quatro trabalhadores civis do departamento também estão isolados.

Um membro da equipe do Departamento de Correções do Condado de Montgomery, em Maryland, testou positivo para Covid-19. O paciente trabalhou pela última vez em uma instituição correcional em Boyds em 26 de março.

Publicidade

Os funcionários que estiveram em contato com ele estão em quarentena, informou o condado em comunicado. Os internos que tiveram contato com o paciente estão recebendo verificações diárias de temperatura.

E dois membros da equipe de serviços de nutrição de escolas públicas do Condado de Montgomery, Maryland, testaram positivo, de acordo com um comunicado de imprensa do condado nessa segunda-feira.

As autoridades de saúde acreditam que eles trabalharam pela última vez no local de distribuição de refeições da Glen Haven Elementary School em 26 de março, e nenhum dos dois apresentava sintomas na época. O risco para a comunidade é baixo, mas quem visitou o local antes de 26 de março é solicitado a se monitorar quanto a sintomas.

Os sintomas da doença são febre, tosse e falta de ar. As autoridades de saúde pedem a quem tiver esses sintomas que contate o médico. Se você não tem um médico e mora em Washington ou nos subúrbios de Maryland, a prefeita Muriel Bowser recomenda ligar para o Mary’s Center no número 844-796-2797. Se você mora na Virgínia, ligue para 211.

(Com informações de WTop)

Publicidade