A partir das 17 horas desta sexta-feira (20), novas restrições às atividades estarão em vigor em Maryland, além daquelas anunciadas na semana passada, definidas pelo governo do estado com a intenção de para tentar conter nova onda de infecções por coronavírus. No momento, Maryland registra novamente ampla transmissão comunitária, na medida em que os casos de Covid-19 aumentam em todo o país.

De acordo com a nova ordem executiva, todos os bares, restaurantes e locais que servem comida e bebida alcoólica devem fechar entre 22 horas e 6 horas, podendo operar apenas com entregas.

A capacidade de atendimento em estabelecimentos de varejo e instalações religiosas será reduzida para 50%, alinhando-os com as operações internas de restaurantes e empresas de serviços pessoais, bem como salas de bingo, pistas de boliche, salões de bilhar, pistas de patinação no gelo e patins, academias e clubes.

O acesso do público não será permitido em pistas de corrida ou estádios profissionais e universitários em todo o estado, revogando a ordem anterior, que permitia até 250 pessoas no local.

Hospitais

As autoridades estaduais de saúde também emitiram uma ordem de emergência que proíbe todas as visitas a hospitais até novo aviso, com algumas exceções – incluindo cuidados de fim de vida, obstetrícia, pais ou tutores de menores e apoio para pessoas com deficiência.

Publicidade

Os hospitais que estão no limite de capacidade podem transferir pacientes para locais equipados para fornecer os cuidados de que precisam. Além disso, hospitais e clínicas foram orientados a evitar qualquer admissão por procedimento eletivo que não seja urgente ou capaz de salvar vidas – especialmente se houver probabilidade de exigir ventilação artificial prolongada ou admissão em UTI.

Lares de idosos

Até novo aviso, a visitação em lares de idosos de Maryland será limitada ao cuidado compassivo e todos os visitantes devem apresentar prova de resultado negativo do teste para coronavírus 72 horas antes de sua visita.

Também foram instituídos testes obrigatórios duas vezes por semana para todos os funcionários das casas de saúde, bem como testes semanais obrigatórios para todos os residentes.

Para combater surtos agudos, o estado está dobrando o número de equipes de resposta rápida implantadas para fornecer um nível extra de triagem e complementar as necessidades de pessoal local.

“Estamos em uma guerra agora, e o vírus está vencendo. Agora, mais do que nunca, estou implorando ao povo de nosso estado para que permaneçam juntos por mais algum tempo para nos ajudar a combater esse vírus crescente. Sua família e amigos contam com você, seus vizinhos contam com você e seus companheiros de Maryland contam com você”, enfatiza o governador Larry Hogan.

Publicidade