Um morador de Maryland está sendo testado para o novo coronavírus, que adoeceu milhares e matou dezenas em um surto que começou na China – e continua centrado lá –, mas que se arrastou para outros países nos últimos dias. O Departamento de Saúde não divulgou a identidade da pessoa, nem o local onde reside, mas afirmou que está em boas condições e sendo monitorada enquanto aguarda os resultados dos exames.

As amostras são enviadas aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA para testes quando o paciente atende a certos critérios, incluindo sintomas respiratórios e viagens à China nas últimas duas semanas. Eles também podem se qualificar para o teste se estiverem em contato próximo com alguém que viajou e está doente.

“O Departamento de Saúde de Maryland está monitorando de perto a situação”, disse Fran Phillips, vice-secretário de saúde pública do estado, em um comunicado.

“Os habitantes de Maryland são incentivados a praticar ações cotidianas para promover a boa saúde e proteger a si e a seus entes queridos de vírus respiratórios como o coronavírus – lave bem as mãos, cubra a boca ao tossir e evite o contato próximo com pessoas doentes. Não vá para o trabalho ou para escola se não estiver se sentindo bem”, orienta.

Publicidade
Curso de inglês

O departamento enfatizou que não há casos confirmados no estado desse novo coronavírus, uma família de patógenos que inclui o resfriado comum e outros vírus mais perigosos.

Segundo o CDC, quem reside nos Estados Unidos permanece com baixo risco de infecção pelo vírus. Existem cinco casos confirmados nos EUA, todos entre viajantes. Eles estão nos estados da Califórnia, Washington, Illinois e Arizona. Na Virginia, há três casos em investigação.

(Com informações de Capital Gazette)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes