Autoridades do Departamento de Saúde de Maryland (MDH) pediram aos líderes dos condados que intensifiquem os esforços locais no sentido de incentivar os moradores a buscar a testagem gratuita para Covid-19. A intenção é cumprir a meta de testar 10% de suas populações. No geral, o estado está bem próximo do objetivo, mas proporcionalmente em algumas regiões há mais pessoas testadas do que em outras.

O apelo foi feito em carta do secretário de Saúde, Robert Neall, e da vice-secretária, Fran Phillips. “Como parte de nossa expansão de testes, Maryland continua a disponibilizar grandes quantidades de kits de coleta de amostras diretamente aos departamentos de saúde locais. Dado que o estado possui um suprimento estratégico de testes a longo prazo, não há necessidade de armazenar esses recursos ou recusar nossas alocações”, diz o documento.

“Em vez disso, solicitamos que os departamentos de saúde locais usem esses testes para aumentar o número e a capacidade dos locais de testes baseados na comunidade. Pedimos que você faça todos os esforços e invente maneiras inovadoras de fornecer a seus residentes e empresas acesso aberto e conveniente aos testes”, continua.

Publicidade
Curso de inglês

O estado começará em breve a publicar dados de volume de testes por jurisdição, para que os cidadãos possam acompanhar o progresso local. Até o momento, Maryland testou 7,4% de sua população. Baltimore City lidera grandes jurisdições e está acima da média estadual, com 8,5% de sua população testada.

“Os testes generalizados são importantes para salvar vidas e reabrir com segurança cada vez mais nossa economia, e é por isso que as autoridades estaduais de saúde estão estabelecendo uma meta de testar 10% da população em todas as nossas 24 jurisdições”, afirma o governador Larry Hogan.

“O estado de Maryland continuará a ter um suprimento abundante de testes disponíveis, sem custos adicionais para qualquer pessoa que precise ser testada, e esperamos que os líderes de nossos condados façam sua parte, expandindo os esforços de teste no nível local”, salienta. Os locais de testes podem ser consultados neste endereço.

Publicidade
CCA idiomas