O governador de Maryland, Larry Hogan, visitou nessa terça-feira (7) o local do hospital de campanha do estado no Baltimore Convention Center, na cidade de Baltimore, onde anunciou ações adicionais para retardar a disseminação do Covid-19. Entre elas, está o reforço no atendimento em lares para idosos.

Equipes de emergência serão formadas em todo o estado, o primeiro esforço desse tipo no país, para fornecer apoio às instalações que recebem idosos. Os grupos serão compostos por membros da Guarda Nacional, representantes dos departamentos de saúde locais e estaduais e socorristas, além de médicos e enfermeiros dos sistemas hospitalares locais.

Essas equipes de apoio serão ativadas em resposta a solicitações de casas de repouso, departamentos de saúde locais e especialistas em doenças infecciosas do Departamento de Saúde de Maryland (MDH). Os trabalhos serão divididos em três frentes.

A equipe de teste vai identificar aqueles em contato próximo com um caso confirmado e coletar e enviar amostras para exame o mais rápido possível. A equipe de assistência avaliará rapidamente a situação no local, determinará as necessidades de equipamentos e suprimentos e fará a triagem dos residentes. A equipe clínica ficará encarregada de fornecer triagem médica no local e estabilizar os residentes.

Publicidade

Prioridade

A medida é tomada ao mesmo tempo em que a Casa Branca e as autoridades federais reconhecem o corredor Baltimore-Washington como um local crítico. “Este vírus continua a se espalhar em todas as jurisdições do estado, mas a concentração de casos de Maryland se intensificou rapidamente, em particular no corredor Baltimore-Washington”, ressalta Hogan.

“Nas últimas duas semanas, toquei o alarme com o presidente, o vice-presidente, membros da força-tarefa do presidente e outros altos funcionários do governo, e tenho o prazer de informar que conseguimos convencer o governo Trump a designar o corredor maior de Baltimore-Washington como uma prioridade”, acrescenta.

A medida inclui a cidade de Baltimore e o condado de Baltimore, bem como os Condados de Anne Arundel, Calvert, Carroll, Charles, Frederick, Harford, Howard, Montgomery, Prince George e Queen Anne.

Fiscalização

Uma nova ordem executiva do governador também habilita os departamentos de saúde locais a fechar qualquer empresa, estabelecimento ou canteiro de obras que considere inseguro. O departamento de saúde local, trabalhando com a polícia, pode modificar operações, limitar movimentos de e para as instalações ou fechá-las completamente.

Publicidade
Curso de inglês