O governador Larry Hogan anunciou que Maryland está em condições de planejar o lançamento gradual da fase de recuperação do estado, em meio a “razões muito reais de esperança e otimismo”. O planejamento será detalhado na próxima semana, estabelecido sobre quatro elementos básicos.

Eles envolvem a expansão da capacidade de teste, o aumento de leitos hospitalares e da oferta de equipamentos de proteção individual (EPIs) e a construção de uma operação robusta de rastreamento de contatos.

“Felizmente, por causa das ações iniciais e agressivas e por causa dos sacrifícios extraordinários dos cidadãos, estamos agora em posição de mudar da contenção e mitigação para o planejamento da implantação gradual de nossa fase de recuperação”, celebra Hogan.

“Existem algumas razões reais para esperança e otimismo no momento e há claramente uma luz no fim deste túnel, mas exatamente como e quando chegaremos a essa luz dependerá de cada um de nós. No momento, enquanto nossos números ainda estão subindo e ainda estamos subindo essa curva, e não para baixo, é absolutamente necessário que os habitantes de Maryland fiquem em casa, continuem evitando multidões e reuniões e pratiquem agressivamente o distanciamento social”, orienta.

Hogan anunciou que, nas últimas semanas, autoridades estaduais vêm consultando médicos e especialistas em saúde pública que trabalham na equipe de resposta a coronavírus para desenvolver um roteiro para a reabertura de Maryland e da economia do estado.

Publicidade
CCA idiomas

Ele informou que Maryland expandiu a capacidade de teste em mais de 5.000% no mês passado e o estado está no caminho com um plano agressivo para mais que o triplo da capacidade atual de realizar até 10 mil testes por dia.

Hospitais

Em relação aos hospitais, os esforços do estado para aumentar a capacidade em 6 mil leitos estão adiantados e a entrega deve ocorrer semanas antes do previsto. Em parceria com o Corpo de Engenheiros do Exército dos EUA, a Instalação Correcional de Hagerstown e o antigo Hospital Adventista de Washington, em Takoma Park, estão sendo convertidos para atender pacientes com Covid-19.

O último local está próximo da maior concentração de casos positivos de coronavírus no Condado de Montgomery. A construção de um hospital de campanha no Hospital Adventista de Fort Washington, localizado em uma região do Condado de Prince George com uma alta concentração de casos confirmados de coronavírus, está quase concluída. Estão sendo montadas 60 tendas de atendimento adicionais em Frederick, Jessup, Hagerstown, Annapolis, Baltimore, Germantown e Randallstown.

Equipamentos

Uma força-tarefa de várias agências está liderando esforços para aumentar o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs). Na semana passada, o estado recebeu um milhão de protetores faciais adicionais e 1 mil camas de UTI.

Na próxima semana, o estado espera entregas de 4,5 milhões de máscaras N95 adicionais, 290 concentradores de oxigênio e 252 respiradores. Também será reforçada a rede para rastreamento de possíveis casos e de pessoas que tenham mantido contato com infectados.

Publicidade
CCA idiomas