O governador Larry Hogan anunciou nessa quinta-feira (21) que a operação de rastreamento de contatos em todo o estado de Maryland, em todas as 24 jurisdições, estará totalmente operacional na próxima semana. Para iniciar esta operação, Maryland mais do que quintuplicou sua capacidade de investigação de doenças e terá mais de 1,4 mil investigadores de casos em todo o estado.

“Para apoiar nossas autoridades de saúde locais, o estado construiu uma operação robusta de rastreamento de contatos e expandiu massivamente a capacidade de investigação de doenças de Maryland. Será uma parceria em todas as 24 jurisdições e um esforço prático para garantir que as autoridades de saúde no local possam rastrear e isolar o vírus”, declarou Hogan.

“Essa é uma maneira pela qual todos podem contribuir para manter um ao outro seguro e saudável, ajudando-nos a encontrar e combater o vírus”, considera Fran Phillips, vice-secretária de Saúde Pública do Departamento de Saúde de Maryland.

“Participar do programa de rastreamento de contatos do estado ajuda a manter você, sua família, seus vizinhos, colegas de trabalho e comunidade a salvo dessa doença. Por favor, atenda o telefone se vir ‘MD Covid’ na tela; trabalhar com nossos investigadores de casos Covid-19 pode realmente ajudar a salvar vidas”, reforça.

Publicidade
CCA idiomas

No início da crise, o estado tinha um total de 250 investigadores de casos trabalhando nos departamentos de saúde locais. Em 22 de abril, o governador Hogan anunciou um contrato com o National Opinion Research Center (NORC), a maior e mais antiga empresa de pesquisa baseada em universidade do país, para contratar e treinar investigadores de casos adicionais.

Alcance

Com a expansão, as autoridades locais de saúde, com apoio do estado, terão capacidade para rastrear mil casos e 10 mil contatos diariamente. Após um diagnóstico positivo para a doença, os investigadores de caso entrarão em contato com esses indivíduos por telefone dentro de 24 horas para iniciar o rastreamento.

Com base nas informações coletadas sobre os sintomas do paciente e o histórico de contatos, os investigadores telefonam para outras pessoas com quem o indivíduo esteve e fornecem as orientações necessárias sobre o monitoramento dos sintomas e o isolamento em casa. Mais informações estão disponíveis aqui.

Publicidade
CCA idiomas