O governador da Virginia, Ralph Northam, anunciou uma nova força-tarefa para mitigar a disseminação do Covid-19 em lares para idosos. Essa equipe se concentrará em obter dessas instalações os recursos financeiros necessários; controle de infecção, incluindo o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs); e compartilhamento de dados e informações.

“Continuaremos a fazer todo o possível para proteger os virginianos que moram nessas instalações. Esses são nossos pais e avós, e temos uma obrigação para com eles”, afirma o governador.

O Distrito Central de Saúde de Shenandoah já está trabalhando com uma instituição de longa permanência em Harrisonburg, em uma investigação de surto de Covid-19. A equipe do distrito de saúde coletou amostras de residentes sintomáticos, que foram enviadas para o laboratório estadual em Richmond e várias deram positivo para coronavírus.

A equipe do departamento de saúde está investigando possíveis fontes de exposição e fornecendo orientação e recursos para a gerência da unidade para ajudar a proteger os residentes e a equipe.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

“Quando o Covid-19 ocorre em um ambiente em que há muitas pessoas idosas com condições de saúde subjacentes, estamos preocupados”, diz a diretora de saúde Laura Kornegay. “Trabalharemos muito de perto com a instalação nos próximos dias para proteger outros residentes e funcionários e fornecer orientação especializada sobre controle de infecção”, completa.

O Distrito de Saúde Rappahannock-Rapidan também está trabalhando com uma instituição de longa permanência em Madison, em uma investigação após receber resultados positivos do teste de Covid-19 em um morador da instituição. O Distrito de Saúde Southside igualmente trabalha com um lar para idosos em Mecklenburg, após receber resultados positivos do teste em vários moradores da unidade.

No Estado, estão proibidas reuniões sociais de mais de dez indivíduos. Todos devem ficar em casa, exceto pelos motivos essenciais descritos na Ordem Executiva 55. “Todos temos a responsabilidade e o dever de levar isso a sério e fazer tudo o que pudermos para proteger a nós e às pessoas ao nosso redor”, reitera Laura Kornegay. Conforme dados oficiais, a Virginia tem mais de 5,7 mil casos confirmados de Covid-19 e registra 149 mortes em decorrência da doença até o momento.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes