A pandemia de coronavírus já resultou em pelo menos duas mortes em Washington. O Departamento de Saúde de DC anunciou o primeiro óbito na cidade pelo Covid-19 na última sexta-feira (20). O paciente era do sexo masculino e tinha 59 anos.

Ele foi internado no hospital na semana passada, após apresentar sintomas de febre e tosse. O homem testou positivo para o vírus enquanto também apresentava outros problemas de saúde.

O departamento confirmou ainda uma segunda morte devido ao Covid-19 nesse domingo (22). A paciente era uma mulher de 65 anos que também apresentava outros problemas de saúde. Ela morreu no sábado (21) à noite.

A prefeita Muriel Bowser disse em comunicado que ficou triste com as notícias e que a cidade está em uma “fase crítica dessa crise de saúde”. Ela realizará um pronunciamento às 11 horas desta na segunda-feira (23).

Corpo de Bombeiros

O Distrito também anunciou que mais dois trabalhadores de emergência, neste caso bombeiros, deram positivo, elevando para seis o total de casos de coronavírus entre as equipes de socorro.

A DC Fire informou que os dois bombeiros estão em casa e suas condições estão melhorando. O Grupo de Controle Infeccioso de Saúde e Incêndios de DC está trabalhando para determinar se um dos bombeiros havia potencialmente exposto outros membros da corporação. Posteriormente, mais um caso foi confirmado, elevando o total para sete.

Parques

No fim de semana, as autoridades do National Mall fecharam algumas estradas perto da Bacia das Marés, a fim de desencorajar a visitação em massa das flores de cerejeira da região.

O Serviço Nacional de Parques instou as pessoas a não visitar os parques da região, a fim de ajudar a achatar a curva e evitar a propagação do Covid-19. Mas o distanciamento social não foi possível devido ao alto volume de visitantes.

O Comissário Consultivo do Bairro, James Harnett, e o membro do Conselho da DC, Charles Allen, estão pedindo ao Serviço de Parques para fechar temporariamente a Bacia das Marés.

Publicidade
Curso de inglês

Em uma carta no domingo, Harnett e Allen disseram que era “preocupante ver centenas de pessoas caminhando enquanto exploravam as flores de cerejeira” na sexta e no sábado, apesar das recomendações de saúde pública do Departamento de Saúde de DC e dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Além de fechar a Bacia das Marés, eles também pedem ao Serviço de Parques para monitorar problemas de superlotação, fechar trilhas e estacionamentos.

Ônibus

A Metrobus cortou quase 20 linhas de ônibus no fim de semana, devido ao que disse ser uma falta de trabalhadores disponíveis.

O sistema de ônibus, que normalmente opera 325 rotas e completa 400 mil viagens por dia, iniciou o desligamento às 17 horas de sábado, fazendo o anúncio apenas algumas horas antes do fechamento entrar em vigor.

As mudanças significaram reduzir o número de rotas percorridas pela sexta agência de ônibus mais movimentada do país em quase 95%, mas a WMATA disse que espera operar mais serviços durante a semana. Os motoristas da Metrobus também podem ignorar as paradas para manter o distanciamento social seguro a bordo do ônibus.

“O Space on Metro é um recurso que precisa ser reservado para viagens essenciais, incluindo os socorristas, médicos e enfermeiros que trabalham para manter todos nós seguros. Eles estão respondendo à chamada por preocupação, por favor, fique em casa sem preocupação por eles”, recomendou a autoridade de trânsito.

O sistema de transporte público sofreu uma queda de 85% no número de passageiros, provocando mudanças significativas nos horários de ônibus e trens.

Até a manhã de domingo, Maryland, Virgínia e DC tinham mais de 550 casos confirmados de coronavírus, com os Condados de Montgomery e Prince George (Maryland) e Arlington (Virgínia) entre as áreas com mais registros.

(Com informações de WTop e NBC)

Publicidade
CCA idiomas