Em meio ao surto global de coronavírus e à temporada de gripe, há uma escassez de máscaras faciais descartáveis ​​na área de DMV. Uma verificação de três locais do CVS – um em Maryland, um em DC e outro na Virgínia – constatou que os três estavam com estoques esgotados, e funcionários relatando que novos envios se esgotam rapidamente.

“Estamos trabalhando com nossos fornecedores para atender à demanda dos clientes por máscaras. Essa demanda pode causar escassez em alguns locais das lojas e nós iremos reabastecer essas lojas o mais rápido possível”, afirmou a CVS em comunicado

Um porta-voz da Walgreens disse que a empresa tem visto uma demanda maior por determinados produtos, incluindo máscaras.

Mas as máscaras podem ter um efeito limitado, de acordo com Julie Fischer, professora associada de microbiologia e imunologia da Universidade de Georgetown. “No momento, não temos muitos dados para mostrar que essas máscaras são eficazes para impedir que uma pessoa seja infectada com coronavírus ou com outros vírus respiratórios”, explica.

Publicidade

“Mas o que sabemos é que é eficaz para pessoas que já estão doentes com um vírus respiratório, que tossem e espirram, usando essas máscaras para impedir a infecção de outras pessoas”, acrescenta.

Também não há sorte na Amazon: as máscaras cirúrgicas e os respiradores N95 recomendados pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) para profissionais de saúde que tratam pacientes doentes estão se tornando difíceis de encontrar on-line.

Nas lojas americanas da Amazon, muitas vezes estão fora de estoque, em espera ou notavelmente mais caras – às vezes várias vezes o preço antes do surto, que ganhou atenção mundial em meados de janeiro.

(Com informações de WTop)

Publicidade