O Laurel Medical Center, no Condado de Prince George, foi reaberto nessa quarta-feira (22), como parte do plano de Maryland para ampliar a capacidade de leitos hospitalares no estado para o tratamento de pacientes com Covid-19. O hospital fornecerá 135 vagas adicionais, incluindo 35 leitos na unidade de terapia intensiva (UTI).

Em 16 de março, o governador Larry Hogan emitiu uma ordem executiva ao Departamento de Saúde de Maryland determinando que desenvolvesse um plano para abrir instalações hospitalares fechadas em todo o estado e adotasse outras medidas necessárias para aumentar imediatamente a capacidade hospitalar do estado em 6 mil leitos.

Atualmente, o estado está no caminho de superar essa meta e atingir uma capacidade de pico de mais de 6,7 mil leitos. Os últimos avanços na capacidade de surtos hospitalares incluem o recém-reaberto e renovado Laurel Medical Center. A instalação contará com quase 400 profissionais médicos contratados e profissionais de saúde que serão gerenciados pelo Sistema Médico da Universidade de Maryland (UMMS).

O hospital de campanha de 250 leitos no Baltimore Convention Center também está aberto e vai internar pacientes que não necessitam mais de hospitalização, mas precisam de um local para concluir seus cuidados e se recuperar totalmente.

Publicidade

As primeiras camas foram abertas no Washington Adventist Medical Center, no Condado de Prince George, perto da localização da maior concentração de casos de Covid-19 no estado.

Leitos adicionais para terapia intensiva também estão sendo instalados no Centro Hospitalar da Universidade de Maryland em Cheverly. Outras 22 tendas de resposta a surtos estão sendo colocadas em todo o estado nas áreas de maior necessidade, incluindo no Holy Cross Hospital, em Washington Adventist White Oak; no Doctors Community Hospital e no Southern Maryland Hospital Center. Estão sendo providenciadas 100 camas adicionais em Jessup e Hagerstown para atender às necessidades dos centros de correção e de detenção.

“Toda a nossa equipe tem trabalhado duro e fazendo progressos incríveis para que, à medida que nossos números pareçam melhores, estarmos em condições de reabrir com segurança nosso estado e levar as pessoas de volta ao trabalho”, afirma o governador Hogan.

Publicidade