Devido ao número crescente de casos de coronavírus (Covid-19) em Washington, DC, e em toda a região e país, a prefeita Muriel Bowser emitiu nessa segunda-feira (30) uma ordem de permanência em casa para o Distrito de Columbia, assim como ocorreu nos estados vizinhos de Maryland e Virginia. A ordem reforça a orientação para que os residentes fiquem em casa, exceto para realizar atividades essenciais.

“Nossa mensagem permanece a mesma: fique em casa. Ficar em casa é a melhor maneira de achatar a curva e proteger você, sua família e toda a comunidade do Covid-19. Muitas pessoas querem saber como podem ajudar agora, e para a maioria das pessoas é assim – ficando em casa”, declarou a prefeita.

Publicidade
CCA idiomas

A ordem executiva especifica que os residentes só podem deixar suas residências para obter cuidados médicos que não podem ser fornecidos por meio da telessaúde, alimentação, utensílios domésticos essenciais e remédios; acessar funções governamentais essenciais; trabalhar nas atividades permitidas; envolver-se em viagens essenciais; ou participar de atividades recreativas permitidas.

Qualquer pessoa que violar voluntariamente a ordem de permanecer em casa pode ser culpada de uma contravenção e, mediante condenação, estará sujeita a uma multa de até US$ 5 mil, prisão por até 90 dias ou ambos. A ordem de permanência em casa entra em vigor nesta quarta-feira (1º). Mais informações sobre os esforços de resposta e recuperação de Covid-19 do Distrito estão disponíveis aqui.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes