O presidente Donald Trump espera receber alta nesta segunda-feira (5) do hospital militar onde está sendo tratado por Covid-19 em Bethesda, Maryland. Funcionários da Casa Branca disseram que ele estava ansioso para ser liberado após três noites no Centro Médico Militar Nacional Walter Reed. A determinação sobre se Trump deixará o hospital não será feita até o final do dia, após o presidente ser avaliado por sua equipe médica.

Os médicos revelaram nesse domingo (4) que seu nível de oxigênio no sangue caiu repentinamente duas vezes nos últimos dias e que lhe deram um esteroide normalmente recomendado apenas para os doentes graves. Ainda assim, os médicos disseram que a saúde de Trump está melhorando e sinalizaram que ele poderia receber alta já nesta segunda-feira para continuar o restante de seu tratamento na Casa Branca.

Menos de um mês até o dia da eleição, ele estava ansioso para projetar força apesar de sua doença. O ainda contagioso presidente surpreendeu os apoiadores que se reuniram em frente ao hospital, passando em um SUV preto com as janelas fechadas. Os agentes do Serviço Secreto dentro do veículo podiam ser vistos com máscaras e outros equipamentos de proteção.

A ação coroou um fim de semana de contradições que alimentaram confusão sobre a saúde de Trump, o que colocou em risco a liderança do governo dos EUA e derrubou os estágios finais da campanha presidencial. Embora o médico de Trump tenha oferecido um prognóstico otimista sobre sua condição, seus briefings careciam de informações básicas, incluindo as descobertas de exames de pulmão, ou eram rapidamente confundidos por avaliações mais sérias da saúde do presidente por outras autoridades.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Saída

Em um curto vídeo divulgado pela Casa Branca no domingo, Trump insistiu que entendeu a gravidade do momento. Mas suas ações momentos depois, ao deixar o hospital e sentar-se dentro do SUV com outras pessoas, sugeriram o contrário.

O porta-voz da Casa Branca, Judd Deere, disse que a viagem de Trump para fora do hospital “foi considerada segura pela equipe médica”. Ele acrescentou que foram tomadas precauções, incluindo o uso de equipamento de proteção individual, para proteger Trump, bem como funcionários da Casa Branca e agentes do Serviço Secreto.

De acordo com as diretrizes do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), “Em geral, o transporte e a movimentação de um paciente com infecção suspeita ou confirmada de SARS-CoV-2 fora de seu quarto devem ser limitados a finalidades medicamente essenciais”.

(Com informações da Associated Press)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes