Com uma votação de 92 a 47, a Câmara dos Delegados de Maryland aprovou nessa quinta-feira (20) o projeto de lei que proíbe a liberação intencional de balões no ar. Assim, a matéria passa nas duas câmaras da Assembleia Geral, pois o Senado Estadual já havia aprovado a proposta.

O projeto, apresentado pelo delegado republicano Wayne Hartman, de Eastern Shore, estabelece uma multa civil de até US$ 250 pela liberação de um balão por uma organização ou indivíduo com pelo menos 13 anos de idade. O objetivo, segundo os defensores da legislação, é acabar com a prática de lançamentos comemorativos de balões, que muitas vezes deixam o lixo a quilômetros de distância.

A versão do Senado, patrocinada pelo senador Clarence Lam, um democrata do condado de Howard, foi aprovada por 38 a 8. Ambas as câmaras devem aprovar a mesma versão do projeto de lei para que ele seja levado ao governador republicano Larry Hogan.

Publicidade

Lançamentos de balão são populares para celebrações e memoriais. Os defensores da proibição de balões argumentam que a prática cria lixo que representa um perigo para a vida selvagem. Os condados de Queen Anne e Wicomico já têm proibições de lançamentos de balões, e Ocean City proíbe como parte de sua lei anti-lixo, segundo analistas legislativos.

(Com informações de Baltimore Sun)

Publicidade