O governador Ralph Northam anunciou nessa quarta-feira (15) que estenderá a ordem executiva 53 por duas semanas, prorrogando as restrições na Virginia até maio. Com a medida, serviços considerados não essenciais permanecerão suspensos no estado pelo menos até o dia 8 do próximo mês.

Assinada originalmente em 24 de março, a ordem proíbe reuniões de mais de dez pessoas; fecha negócios de recreação, entretenimento e cuidados pessoais; e limita os restaurantes a oferecer apenas serviços de entrega e retirada no balcão.

“Como vimos em nossos dados e modelos, o distanciamento social está funcionando e estamos diminuindo a propagação desse vírus. Mas é muito cedo para desistir”, considera Northam.

Publicidade
Curso de inglês

“Ao estender esse pedido para manter certas empresas fechadas ou restritas, podemos continuar avaliando a situação e planejando como acabar com as restrições para que nossos negócios operem sem pôr em risco a saúde pública”, justifica.

Uma outra ordem em vigor, de número 55, estabelecendo a permanência em casa, a menos que os cidadãos precisem ir para serviços essenciais, continua em vigor até 10 de junho. Um guia de perguntas frequentes sobre as medidas adotadas pela Virgínia pode ser encontrado aqui.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes