A primeira fase do “Forward Virginia”, o plano de reabertura da economia do estado, inicia nesta sexta-feira (15), mas não será aplicada em algumas áreas. O governador Ralph Northam autorizou localidades específicas no norte da Virgínia a adiar o alívio às restrições em certas operações comerciais, implementadas em resposta ao novo coronavírus.

De acordo com o governador, o estado como um todo pode entrar na fase 1, conforme previsto, com base no alcance de determinadas medidas de saúde. No entanto, o adiamento na implementação da primeira fase para a meia-noite do dia 28 de maio na região vai permitir que haja mais tempo para essas localidades atender às métricas de saúde.

“Como eu disse, é importante que a comunidade como um todo possa conhecer as principais medidas de saúde antes de passar para a fase 1. As políticas da primeira fase são um piso, não um teto. Enquanto os dados mostram que a Virgínia como um todo está pronta para diminuir lenta e deliberadamente algumas restrições, é muito cedo para o norte da Virgínia. Apoio a solicitação das localidades nesta região para adiar a implementação para proteger a saúde pública”, declarou.

Publicidade

Northam havia instruído essas jurisdições a solicitar formalmente a aprovação para permanecer na “fase zero”. Os Condados de Arlington, Fairfax, Loudoun e Prince William; as cidades de Alexandria, Fairfax, Falls Church e Manassas Park; e as cidades de Dumfries, Herndon e Viena fizeram a solicitação. A cidade de Manassas e a cidade de Leesburg também estão incluídas na implementação atrasada.

Os dados mostram que no norte da Virgínia o número de casos é substancialmente mais alto que no restante do estado, com uma taxa de positividade de cerca de 25%, enquanto a média estadual está mais próxima de 10%. Em determinados dia, 70% dos casos positivos da Virginia são atribuíveis à região norte.

Publicidade
Curso de inglês