O Departamento de Transporte da Virgínia (VDOT) iniciou o projeto de expansão do Hampton Roads Bridge-Tunnel (HRBT), que promete desafogar o trânsito em um segmento da Interstate 64, entre Hampton e Norfolk. A obra, orçada em US$ 3,8 bilhões, aumentará a capacidade do túnel e da interestadual ao longo de 9,9 milhas, reduzindo o congestionamento e facilitando o acesso ao Porto da Virgínia e à maior base naval do mundo.

“Por muito tempo, o tráfego na região de Hampton Roads congestionou o túnel. O pessoal dessa região merece um deslocamento mais fácil e confiável. Este é o maior projeto da nossa história e vai garantir que as pessoas possam se locomover com mais rapidez, que o comércio flua com mais facilidade e que finalmente conectemos a Península e Southside. Esse projeto vai tornar a vida de todos mais fácil quando for concluído”, acredita o governador Ralph Northam.

“Os melhores designers, construtores, engenheiros e tecnologia do mundo estão convergindo aqui na Virgínia para construir seu novo túnel. Estamos trazendo todos os ativos para a mesa para dar às pessoas o que elas mais valorizam – tempo”, completa a secretária de Transporte, Shannon Valentine.

As equipes usarão uma máquina perfuradora de túneis altamente especializada para cavar o solo e construir segmentos simultaneamente. A tecnologia avançada é usada na construção de projetos de alta complexidade, como o metrô da Segunda Avenida de Manhattan.

Publicidade

O novo HRBT é apenas o quarto projeto rodoviário a utilizar esse equipamento nos Estados Unidos. O maquinário está em construção na Alemanha e deve chegar a Hampton Roads em 2021 para montagem, o que levará vários meses. Espera-se que as operações de escavação sejam iniciadas no início de 2022

“Estamos fazendo isso porque esse é um dos canais marítimos mais importantes do país e essa tecnologia significa menos interrupções nas atividades militares e comerciais e menos impacto na vida marinha”, explica o comissário do VDOT, Stephen Brich.

Benefícios

Além de aliviar o congestionamento para os motoristas, o projeto concluído beneficiará o turismo, o Porto da Virgínia e os militares – três setores importantes em Hampton Roads. A expansão foi projetada para impulsionar a competitividade econômica de Hampton Roads com mais de US$ 4,6 bilhões em investimentos e cerca de 28 mil novos empregos ao longo da vida do projeto.

A obra irá adicionar túneis duplos de duas pistas e alargar os segmentos de quatro pistas da Interestadual 64 em Hampton entre Settlers Landing Road e a costa de Phoebus, e em Norfolk entre a costa de Willoughby e o cruzamento I-564. Mais de 100 mil veículos atualmente usam essa instalação durante os períodos de pico de viagens.

Publicidade