O executivo do Condado de Montgomery, Marc Elrich, informou que a jurisdição local não entrará na Fase 3 de reabertura junto com o restante de Maryland. Nessa quarta-feira (2), ele anunciou que o condado continuará na Fase 2 modificada. “Estamos progredindo, mas não estamos onde precisamos estar”, justificou.

O condado entrou na segunda fase do plano de recuperação do estado em junho. No auge da pandemia de Covid-19, Montgomery e o condado vizinho de Prince George foram responsáveis ​​por aproximadamente metade dos casos de Maryland.

A executiva do condado, Angela Alsobrooks, ainda não anunciou se Prince George dará o mesmo passo ou acompanhará a reabertura proposta para o estado. Devido ao alto número de casos, o condado avançou em um ritmo de reabertura mais lento do que o restante de Maryland durante a pandemia.

Enquanto Maryland iniciava a primeira fase em maio, Prince George esperou até junho, quando o estado estava entrando na fase dois. A executiva do condado não deu luz verde para a fase dois até o final de junho, quando os dados do Departamento de Saúde de Maryland mostraram que sua taxa de positividade despencou para 7%.

O governador Larry Hogan, anunciou na terça-feira (1º) que o estado entrará na terceira fase do processo de reabertura a partir das 17 horas desta sexta-feira (4). O estágio três representa a reabertura mais ampla desde que o estado implementou uma ordem de permanência em casa, em um esforço para retardar a propagação da nova pandemia de coronavírus.

Publicidade

Mudanças

Na terceira fase do plano de recuperação de Maryland, os teatros e cinemas estarão autorizados a funcionar, desde que a lotação não ultrapasse 50% da capacidade ou a acomodação de 100 pessoas por auditório (o que for menor), com protocolos apropriados de saúde e segurança em vigor.

Os locais ao ar livre onde ocorrem performances ao vivo ou a exibição de filmes também poderão retomar as atividades ao público em geral, com 50% da capacidade ou 250 pessoas, também seguindo as normas estabelecidas pelas autoridades de saúde.

A capacidade para atendimento ao público em estabelecimentos de varejo e instalações religiosas também será aumentada, de 50 para 75%.

(Com informações de Fox 5 e WUSA)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas