Total de votos do colégio eleitoral:

Nas eleições presidenciais de 2020, Kamala Harris também fez história, ao tornar-se a primeira mulher negra eleita vice-presidente, uma conquista que ocorre enquanto os Estados Unidos enfrentam um período crítico em volta das discussões sobre justiça racial.

A senadora da Califórnia, que também é a primeira pessoa descendente do sul da Ásia eleita para a vice-presidência, se tornará a mulher de mais alto escalão a servir no governo, quatro anos depois de Donald Trump derrotar Hillary Clinton nas urnas.

Com pai jamaicano e mãe indiana, Kamala Harris, 56 anos, tem como causa pessoal a reivindicação por direitos de imigrantes e de comunidades marginalizadas. Formada em Direito pela Hastings College of Law, da Universidade da Califórnia, ela foi a primeira afro-americana e primeira mulher a ocupar o cargo de Procuradora Geral do Estado da Califórnia antes de se eleger senadora em 2016 (segunda mulher de descendência negra a conseguir o feito).

Publicidade

Ao anunciar a vitória em seu Instagram, Kamala disse ter muito trabalho a fazer. “Esta eleição envolve muito mais do que @JoeBiden ou eu. É sobre a alma da América e nossa disposição de lutar por ela. Temos muito trabalho pela frente. Vamos começar!”.

Kamala ganhou projeção nos EUA graças à turnê de seu segundo livro, o autobiográfico The Truths We Hold: An American Journey. Entre as pautas que defende, estão um sistema público de saúde (Medicare), o aumento do salário mínimo, a reforma do sistema carcerário (ela criou o Back on Track, programa que oferece orientação profissional a réus primários em casos de drogas) e melhores condições financeiras para que estudantes consigam chegar ao nível superior sem se endividar por causa de mensalidades abusivas.

(Com informações de Associated Press e Vogue)

Publicidade