O governador Ralph Northam lançou nessa terça-feira (7) a Clean Energy Virginia, uma nova iniciativa para impulsionar investimentos em energia renovável e eficiência energética e ajudar a cumprir as metas do estado de produção de energia limpa, que incluem alimentar 100% da eletricidade da Virgínia a partir de fontes livres de carbono.

Essa iniciativa ocorre logo após uma sessão histórica da Assembleia Geral, na qual o governador assinou uma legislação que transformará a rede elétrica da Virgínia e criará oportunidades de negócios para o setor de energia limpa.

“A Virgínia tem uma oportunidade única de transformar fundamentalmente a rede elétrica do estado de uma maneira que impulsiona nossa recuperação econômica após a pandemia de coronavírus e reduz a poluição prejudicial de carbono”, considera Northam.

“Nossa nova iniciativa se baseia no progresso histórico que alcançamos durante a recente sessão legislativa, ajudando a garantir que a comunidade permaneça líder nacional em inovação de energia limpa, crie os empregos do futuro e atenda à urgência do clima, saúde, e desafios econômicos que estamos enfrentando”, completa.

Publicidade

A Clean Energy Virginia expande a ordem executiva que o governador assinou no outono passado, estabelecendo ambiciosas metas estaduais para implantação de energia limpa na comunidade. A iniciativa também segue a recente promulgação da Lei de Economia Limpa da Virgínia e outra legislação de eficiência solar, eólica e de energia.

Essas políticas exigem que todas as fontes de eletricidade emissoras de carbono se aposentem até 2045, substituindo-as por novos investimentos em energia solar, eólica onshore, eólica offshore, eficiência energética e armazenamento de baterias.

“A iniciativa Clean Energy Virginia fornecerá novas ferramentas e recursos educacionais para empresas de energia limpa interessadas em expandir ou se instalar na Virgínia”, explica o secretário de Comércio, Brian Ball.

“A comunidade continuará a liderar a transição para a energia limpa para atender às crescentes necessidades do nosso setor de negócios, e esperamos trabalhar com empresas de energia renovável à medida que investem em todo o estado”, acrescenta o secretário.

Publicidade