O governador da Virginia, Ralph Northam, adiou as eleições gerais e especiais de maio por duas semanas, passando o pleito do dia 5 para 19. As eleições estão programadas em 56 localidades do estado. Ele também transferiu as primárias de 9 de junho para 23 de junho.

No início deste mês, Northam recomendou a mudança das eleições de maio para novembro, o que exigiu ação da Assembleia Geral. Enquanto a Câmara dos Delegados aprovou a medida, o Senado não conseguiu.

“Os virginianos nunca deveriam ter que escolher entre votar e arriscar sua saúde”, disse o governador. “Sou grato à Câmara dos Delegados por tomar medidas para mover nossas próximas eleições, mas infelizmente o Senado não tomou a mesma decisão de bom senso”, lamentou.

“Embora incentivemos fortemente todos os virginianos que podem votar pelo correio a fazê-lo, também tomaremos todas as medidas necessárias para conduzir essas eleições de uma maneira que garanta que o voto pessoal seja realizado com segurança e responsabilidade”, comprometeu-se Northam.

O governador determinou ao Departamento de Eleições que forneça aos Registradores Gerais as orientações mais recentes dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) sobre as melhores práticas para manter os padrões de distanciamento social e sanitização nos locais de votação.

“As eleições são uma função crítica do nosso governo. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para manter a integridade de nosso processo democrático, garantindo a segurança de todos os virginianos”, reitera o procurador-geral do estado, Mark Herring.

Publicidade

“Este é o momento mais desafiador na administração eleitoral que já vivemos”, considera Allison J. Robbins, presidente da Associação de Registradores de Eleitores da Virgínia.

“Os registradores de toda a Virgínia estão comprometidos em garantir que todos os funcionários das eleições se sintam protegidos ao desempenhar suas funções no dia da eleição. Os registradores estão igualmente comprometidos em garantir a segurança de todos os eleitores e garantir que eles possam votar com confiança”, acrescenta.

Recrutamento

O Departamento de Eleições está recrutando oficiais eleitorais para trabalhar em locais de votação para as próximas eleições. Os oficiais de eleição estão sempre em demanda, mas seu serviço é necessário ainda mais agora, pois o processo eleitoral enfrenta desafios sem precedentes.

Os oficiais de eleição desempenham uma ampla gama de funções no dia da eleição, incluindo a criação e o detalhamento de atividades nos locais de votação, fornecendo aos eleitores instruções básicas sobre o voto, verificando as informações dos eleitores e ajudando em outras tarefas, conforme necessário.

O governador incentiva os estudantes de faculdades e universidades a se engajarem como oficiais de eleição, especialmente quando muitos aposentados – uma população que tradicionalmente serve como oficiais de eleição – correm um risco maior de complicações do Covid-19. Enquanto trabalham como oficial de eleição, os alunos não apenas podem ajudar suas comunidades, mas também são elegíveis para receber remuneração.

Publicidade
CCA idiomas