Uma proteção adicional foi erguida em torno da Casa Branca. A intenção da medida é impedir que pessoas escalem as grades e invadam a propriedade em comemoração ou protesto contra o resultado da eleição presidencial. A votação para escolher o próximo presidente dos Estados Unidos, entre Donald Trump e Joe Biden, termina nesta terça-feira (3).

Em um comunicado nessa segunda-feira (2), o Serviço Nacional de Parques citou a segurança da noite da eleição “e a necessidade de diminuir rapidamente os encontros potencialmente violentos, proteger os recursos do parque e manter a segurança pública”.

A cerca foi erguida na calçada oeste da 15th Street Northwest, entre a H Street Northwest e a Constitution Avenue Northwest; na calçada leste da 17th Street Northwest, entre a H Street e a Constitution Avenue e na calçada norte da Constitution Avenue, entre a 15th e 17th Street. A proteção já existia ao longo da H Street Northwest, ao norte da Casa Branca e do Parque Lafayette.

Partes do parque, da Pennsylvania Avenue e da calçada da Casa Branca permanecem fechadas para obras. Na Lafayette Square, o parque foi dividido com um segundo vão de cerca de metal de 2,5 metros antes da estátua de Jackson, como aquela que está erguida há meses ao longo da H Street.

Publicidade

Em sua declaração, o Serviço Nacional de Parques disse que as novas restrições não limitarão as atividades da Primeira Emenda no parque, “na ausência de uma necessidade de aplicação da lei”.

Na semana passada, pelo menos duas manifestações foram planejadas para a área. Um grupo, Shutdown DC, está programado para começar o seu às 16 horas desta terça-feira no Black Lives Matter Plaza. Um porta-voz do Serviço Secreto não quis comentar. De acordo com o Serviço Nacional de Parques, o plano por enquanto é manter essa nova cerca até as 6 horas de domingo.

(Com informações de WTop)

Publicidade