O governador da Virginia, Ralph Northam, convocou a Assembleia Geral para uma sessão extraordinária no dia 18 de agosto, após o tradicional relatório de fim de ano fiscal ser enviado aos comitês financeiros para análise. É necessária uma sessão especial para votar o novo orçamento, com base na previsão de receita revisada à luz da pandemia de Covid-19.

Além disso, o governador trabalhará em estreita colaboração com os líderes e legisladores para propor mudanças na justiça criminal e reformas no policiamento. “Temos uma oportunidade única de fornecer apoio aos virginianos, investir estrategicamente em nossa recuperação econômica e avançar na reforma do policiamento e da justiça criminal. Vamos ao trabalho”, declarou Northam.

A Assembleia Geral se reunirá para definir o orçamento final, um processo que foi adiado no início do ano devido ao coronavírus. Em abril, o governador trabalhou com os legisladores para “desalocar” ou congelar mais de US$ 2,2 bilhões em novos gastos no novo orçamento bienal da Virgínia.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Essa estratégia permitiu tempo para que as perspectivas fiscais do estado se estabilizassem e evitassem grandes cortes em novos programas e serviços estatais importantes. Os legisladores agora consideram uma série de itens anteriormente “não-alocados” – incluindo os investimentos históricos em educação infantil, faculdade comunitária sem taxa de matrícula, moradia a preços acessíveis e serviços de internet.

Espera-se que as iniciativas de policiamento incluam medidas destinadas à responsabilização e supervisão da polícia, uso da força, maior treinamento e educação, e recrutamento, contratação e decertificação de oficiais.

O governador orientou o Departamento de Serviços de Justiça Criminal, o Escritório de Diversidade, Equidade e Inclusão, o Conselho Consultivo Africano-Americano da Virgínia e a Comissão para Examinar a Desigualdade Racial na Lei da Virgínia para auxiliar a administração no desenvolvimento de iniciativas políticas.

Publicidade