A polícia de Oak Bluffs, Massachusetts, recebeu diversas denúncias de que brasileiros estão sendo vítimas de um golpe da pirâmide financeira. O esquema envolve pessoas que se aproximam desses brasileiros e oferecem um “negócio da China”, com ganhos rápidos e investimento baixo.

As autoridades afirmam que nesse esquema em Oak Bluffs – cidade localizada na ilha de Martha’s Vineyard – , o golpista solicita um investimento de US$ 1,2 mil e já conseguiu recrutar diversas vítimas. “Ele promete ganhos até oito vezes maiores em apenas 45 dias. Se você foi vítima ou conhece alguém que tenha sido, contate a polícia imediatamente”, orienta o tenente Tim Williamson, da Oak Bluffs Police.

A pirâmide é um modelo comercial muito usado em fraudes, que se firmam com o recrutamento de cada vez mais investidores. Normalmente, o golpista inicial convence outras pessoas a depositarem uma quantia em um “bom investimento” que lhe “renderá juros atrativos” e sugere que essas pessoas convençam outros a investirem também. Assim, cada novo integrante passa a receber uma quantia de acordo com cada novo sócio. E assim sucessivamente.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

Esse é um formato que existe desde 1920, quando o italiano Charles Ponzi criou o esquema nos Estados Unidos. Atualmente, os investidores são atraídos com apresentações de sites e aplicativos com a proposta de serem beneficiados com lucros atrativos (e falsos) que são liberados cada vez que mais pessoas entram para o grupo.

(Com informações de Achei USA)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas