Agentes federais do Departamento de Imigração e Alfândega (ICE, sigla em inglês) continuaram realizando prisões em tribunais estaduais de Nova York, apesar das restrições oficiais e de um processo em andamento contestando essa atividade, segundo um novo relatório.

Nem mesmo uma diretiva do ano passado emitida pelo Sistema de Tribunais Unificados do Estado de Nova York foi suficiente para impedir os agentes de vigiar e prender imigrantes sem um mandado judicial dentro e ao redor de tribunais em todo o estado. Essas informações foram divulgadas pelos advogados do Immigrant Defense Project, em Manhattan.

“Os agentes do ICE praticamente ignoraram as regras impostas pelos tribunais, cometendo o erro de não usar um mandado de prisão, perseguindo imigrantes indocumentados nas entradas e saídas, ou seguindo suas presas do lado de fora, antes de abordar e algemá-las”, aponta o relatório.

Publicidade
Curso de inglês

“Embora juízes, promotores, defensores e centenas de organizações sediadas em Nova York tenham se reunido para pedir o fim dessa prática prejudicial, o ICE está enviando uma mensagem bem clara de que não há problemas em interferir no sistema judicial para alcançar sua agenda de deportação”, disse Mizue Aizeki, vice-diretor do Immigrant Defense Project.

De acordo com o relatório, “um total de 127 detenções de requerentes de asilo negados, imigrantes desaparecidos ou deportados foram registradas em tribunais de NY”.

(Com informações de Brazilian Times)

Publicidade
CCA idiomas