Partes do Hospital da Universidade Howard e residências na área circundante foram evacuadas após relatos de um vazamento de gás nas proximidades, por volta das 13h15min dessa terça-feira (14). O porta-voz da DC Fire, Vito Maggiolo, informou que uma grande tubulação de gás foi rompida no quarteirão 400 da Elm Street, no noroeste, que fica atrás do hospital.

Por precaução, o Centro de Atenção Ambulatorial foi esvaziado e alguns moradores da região também precisaram deixar suas casas. O Corpo de Bombeiros e equipes da Washington Gas foram ao local investigar o vazamento. As autoridades mediram a concentração de gás na área do hospital que foi impactada e relataram que todos os níveis eram “normais, sem perigo”. O hospital foi reocupado por volta das 14h20min.

De acordo com os bombeiros, não há válvula de fechamento para a linha de gás, por isso, os técnicos tiveram que perfurar o chão para conter o vazamento. Segundo as autoridades, uma equipe de construção terceirizada atingiu a tubulação e causou o problema.

Publicidade
CCA idiomas

Caso semelhante

Em dezembro, um grande vazamento de gás nos arredores da estação de metrô Navy Yard causou a evacuação de vários prédios vizinhos, incluindo um restaurante e residências. O serviço de metrô na Linha Verde também foi interrompido.

Conforme as autoridades, o vazamento também foi causado por uma equipe de construção, que atingiu por engano a linha de gás de alta pressão na altura do bloco 1200 da Half Street, SE.

(Com informações de WUSA)

Publicidade
Curso de inglês