A unidade da Polícia de Proteção Animal do Condado de Fairfax, na Virginia, ficou surpresa ao atender a um chamado recente. Os oficiais de controle de animais responderam a um bairro de Hayfield e foram confrontados por uma tartaruga-jacaré de 30 quilos.

Como a raça não é nativa da Virgínia, as autoridades estaduais dizem que a tartaruga era um animal de estimação que foi abandonado. John Kleopfer, herpetologista do Departamento Estadual de Pesca, diz que é comum as pessoas comprarem tartarugas de estimação e não compreenderem o compromisso envolvido.

“Então eles simplesmente os levam para o lago ou parque local e os jogam fora. Vimos isso repetidamente várias vezes”, conta o especialista em répteis. Ele reconhece que não é fácil de lidar com este tipo de animal em casa. “Essa tartaruga poderia facilmente viver de 60 a 70 anos”, estima.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

Embora pesasse 30 quilos, o animal encontrado é jovem e pode acabar pesando até 90 quilos. Apesar de um rosto assustador e boca grande, Kleopfer acredita que a tartaruga provavelmente não machucaria ninguém. A maior preocupação é que ela não sobreviveria ao inverno frio, passaria fome ou causaria um acidente de carro se continuasse na rua.

Porque era um animal de estimação, as autoridades afirmam que não se sairia bem na natureza. Assim, os oficiais da vida selvagem nomearam a tartaruga Lord Fairfax e a levaram para o zoológico em Norfolk, onde deve viver o resto de seus dias.

(Com informações de Fox 5)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes