Alguns serviços de transporte público em DC, Maryland e Virgínia estão fazendo mudanças significativas em seus horários e intensificaram os esforços de limpeza, em resposta ao avanço no número de casos do novo coronavírus. As restrições abrangem metrô, ônibus e trens na área de DMV.

A Metro está cortando o serviço ainda mais por causa de preocupações com a pandemia. A partir desta quarta-feira (18), os trens circulam apenas a cada 15 minutos em cada linha, abrindo as operações às 5 horas, como de costume, mas encerrando meia hora mais cedo, às 23h30.

Além disso, a Metro informou que estará operando todos os trens de oito vagões – o comprimento máximo possível – para ajudar a manter o distanciamento entre os passageiros.

O Metrobus funcionará no horário de domingo durante toda a semana. Haverá serviço suplementar em rotas selecionadas para evitar aglomeração e garantir que as áreas não fiquem sem o serviço. Os motoristas terão autoridade para não parar em pontos de ônibus para manter um distanciamento seguro a bordo dos coletivos.

Os serviços foram projetados para suportar apenas as viagens essenciais e a solicitação das autoridades é de que os passageiros só usem o transporte público se for absolutamente necessário. De acordo com a Metro, o número de passageiros caiu 70% na segunda-feira (16), após o fechamento das escolas e o amplo teletrabalho na região de DC.

Trens

A Virginia Railway Express (VRE) cortou indefinidamente um horário S devido à queda no número de passageiros relacionados ao coronavírus. Os trens MARC, de Maryland, estão operando com um horário “R” desde essa terça-feira (17). Somente trens com um “R” abaixo do número do trem funcionarão, com alguns serviços adicionais.

Os serviços do corredor nordeste da Amtrak estão operando em cerca de 40% de sua programação típica dos dias úteis. As linhas Northeast Regional e Acela ainda operam entre Boston, Nova York e DC, mas com algumas reduções nas frequências de determinados locais. O serviço sem escalas da Acela entre DC e Nova York foi cancelado até o final de maio.

Ônibus

O MTA Maryland Commuter Bus está operando apenas com uma programação “S”. Para o Metro Subway em Baltimore, o Light Rail funcionará no horário de sábado, durante a semana. A entrada para o Centro Ambulatorial Johns Hopkins da estação Johns Hopkins está fechada até novo aviso.

No Ride On, o serviço de ônibus foi reduzido pela metade. O Departamento de Transportes do Condado de Montgomery espera que os ônibus atrasem e incentiva os usuários a verificar o status de seus ônibus habituais antes de partir para o ponto de espera.

Publicidade

A partir desta quinta-feira (19), a Ride On seguirá um novo plano de serviço reduzido que mantém a cobertura das rotas para que os residentes possam acessar alimentos, serviços essenciais e empregos essenciais. Os passageiros são obrigados a embarcar na porta traseira do ônibus.

Os passageiros podem entrar pelas portas da frente se for necessário um elevador para acomodar uma deficiência ou carrinho de criança. Durante a emergência, todos os serviços do Ride On estarão temporariamente gratuitos para todos os passageiros. O serviço Flex está suspenso.

O DASH opera com uma programação aprimorada de sábado durante a semana. Os ônibus farão paradas nos intervalos de aproximadamente 30 a 60 minutos nos finais de semana, em oposição aos intervalos de 15 a 20 minutos que são padrão durante os dias da semana. No entanto, algumas rotas fornecerão viagens adicionais para aumentar o serviço durante períodos de pico nos dias úteis, segundo o anúncio.

As linhas ART 41, 42, 45, 51, 55, 77 e 87 estão em execução no horário de sábado, enquanto as 42 e 87 terminarão no Pentágono; a ART 45 começará uma hora mais cedo, às 6h30; e a ART 43 será executada a cada 20 minutos das 6 às 23 horas ao longo de sua rota durante a semana. Todas as outras rotas estão suspensas. O serviço STAR está funcionando normalmente.

Informações adicionais

A Autoridade de Transporte de Maryland mudou para cobranças sem dinheiro em todo o estado para limitar a interação entre o público e os cobradores de pedágio. Nas faixas normalmente reservadas para pagamento em dinheiro, haverá pedágio por vídeo. Os motoristas que geralmente pagam em dinheiro receberão avisos por correio.

Em Maryland, todos os testes para carteira de motorista estão cancelados, exceto os testes para licença profissional. Todos os serviços MVA estão sendo fornecidos apenas com hora marcada.

Na Virgínia, os serviços se mantêm em relação a obras, manutenção, regras de HOV e fechamento de faixas. As áreas de descanso permanecem abertas, com desinfecção extra.

No entanto, todos os escritórios do Departamento de Veículos Motorizados da Virgínia estão fechados ao público a partir desta quarta-feira. O DMV normalmente atende cerca de 25 mil pessoas por dia, mas cerca de 75% dos serviços podem ser feitos on-line.

(Com informações de WTop)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas