Três semanas após o início do ano letivo com aulas apenas virtuais, pais no Condado de Montgomery, em Maryland, relatam problemas frequentes com a tecnologia. Segundo eles, seus filhos passam mais tempo tentando lidar com as diferentes plataformas do que aprendendo.

A família Fletcher, de Germantown, diz que a experiência tem sido frustrante para seu filho de nove anos, Zion Fletcher. “Eu não posso mais fazer isso”, reclamou o garoto, depois de lutar com as plataformas que ele deveria usar para aprender.

O aluno da quarta série é visto chorando em um vídeo de celular enquanto descreve para sua mãe que ele não pode perder mais tempo tentando acessar todas as diferentes plataformas de que precisa para o aprendizado virtual. Isso inclui Canvas, Zoom, Google Drive e Synergy.

Sua mãe, Cara Fletcher, e vários outros pais das Escolas Públicas do Condado de Montgomery têm falado sobre essas frustrações. “Estamos enviando tarefas, mas elas chegam em branco, apesar de terem sido concluídas, e esse é apenas um pequeno exemplo”, resume Cara.

Ela observou que seu filho também tem dificuldade em entender as pessoas no Zoom. “Todo mundo parece um robô, as crianças não conseguem entender o que as pessoas estão dizendo”, relata.

“Acho que o Canvas, ou o sistema que eles estão usando, tem muitas funcionalidades e opções, mas acho que eles só precisam fazer algo estúpido e simples”, declara Natalya Dvorson, de Rockville, que tem um filho na quarta série e outro na sexta série.

Publicidade
Curso de inglês

Ambas as mães reconhecem que as crianças hoje em dia são sem dúvida entendidas em tecnologia, mas alegam que as plataformas de aprendizagem on-line não são projetadas para essa faixa etária.

“Eles podem enviar mensagens de texto, podem usar o YouTube, todas as coisas que estamos tentando impedir, mas é a quantidade de etapas, nada é simples”, afirma Cara. “Você pode imaginar todos os passos que as crianças precisam dar apenas para simplesmente entrar na sala de aula? Não é como você e eu, quando você apenas me envia um link e eu clico e estamos dentro”, completa Natalya.

Resposta

A porta-voz das Escolas Públicas do Condado de Montgomery, Gboyinde Onijala, sustenta que esse não é um problema para todos os alunos do sistema escolar. Segundo ela, o MCPS distribuiu mais de 133 mil Chromebooks, milhares de dispositivos móveis, além de lançar um sistema robusto de gerenciamento de aprendizagem integrado e plataforma de videoconferência e treinou milhares de alunos e famílias sobre como usá-los.

Ela continuou dizendo que todas as plataformas de tecnologia enfrentam falhas, mas que o MCPS trabalha rapidamente para resolvê-las. “É certamente possível que alguns pais estejam enfrentando o problema e estamos mais do que felizes em ajudá-los a superar esses desafios. Eles podem entrar em contato com nossa linha de suporte técnico pelo telefone (240) 740-7022, de segunda a sexta-feira ”, instrui.

(Com informações de Fox 5)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas