Acontece nesta terça-feira (11) no Brasil a primeira viagem do ônibus Biosafe, com adaptações para prevenir o contágio do coronavírus, criado pela Marcopolo, empresa com sede em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. A viagem será operada pela Viação Ouro e Prata, com trajeto de Porto Alegre até Santa Rosa.

Conforme a empresa, a Ouro e Prata é a primeira do país a incluir o Biosafe em sua frota. O ônibus sai às 18h30 da capital gaúcha, passando por Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo, até chegar a Santa Rosa. A passagem custa R$ 165, o que, segundo a empresa, é o mesmo valor da passagem executiva em um ônibus comum.

A Ouro e Prata ainda conta com um segundo ônibus Biosafe, que fará o trajeto de Porto Alegre a Santana do Livramento, passando por Bagé e Dom Pedrito, em data ainda a ser confirmada.

Para garantir o distanciamento entre os passageiros, o Biosafe tem três fileiras com bancos individuais, no lugar das duas fileiras com dois lugares cada, totalizando 46 poltronas, usadas pelos modelos tradicionais de ônibus do mercado. São ofertados 33 lugares, com poltrona semileito e serviço executivo.

Publicidade

Entre as fileiras, foram instaladas cortinas feitas de material antimicrobiano, e luzes acionadas por sensor. “Em razão da pandemia, buscamos parceria com a Marcopolo para apresentar um ônibus que se diferencie em relação ao conforto, distanciamento dos passageiros e, especialmente, itens que contribuam para a redução ao máximo os riscos de contaminação pelo coronavírus”, afirma o diretor de operações da Ouro e Prata, Carlos Bernaud.

Um sistema de radiação UV-C faz a desinfecção do ar e de superfícies do aparelho de ar condicionado do ônibus. Conforme a empresa, dessa forma são eliminados vírus e bactérias. Os sanitários também são higienizados pela radiação ultravioleta, que é automático após o uso, ou seja, não precisa de acionamento.

(Com informações do G1)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas