A construção de estradas faz parte da vida e, às vezes, é necessária para melhorar as rotas de viajantes. Mas quando os motoristas não são avisados, podem causar problemas. Foi o que aconteceu no Condado de Arlington, na Virginia.

O executivo do Condado, Mark Schwartz, pediu desculpas por residentes, empresários e viajantes habituais não terem sido informados de coo suas vidas seriam afetadas temporariamente por um projeto de construção de estradas em Columbia Pike, perto do limite com o Condado de Fairfax.

No trecho de meia milha, entre a South Jefferson Street e a Four Mile Run Bridge, o tráfego na Columbia Pike – também conhecida como Virginia State Route 244 – é limitado a uma faixa em cada direção diariamente, inclusive nos fins de semana.

Uma pista adicional para leste – em direção a DC – fica aberta durante o horário de pico da manhã, das 7 horas às 9h30min. No entanto, o projeto também inclui sinais de “não virar à esquerda”, que provocaram raiva de pessoas que vivem, trabalham e passam pela área.

“Começar sem comunicar totalmente os planos é um erro que, compreensivelmente, confundiu e enfureceu muitos moradores, visitantes e empresários”, afirmou Schwartz em um comunicado. “Por isso, peço desculpas”.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas

Barreiras físicas e sinalização foram colocadas nas últimas semanas de dezembro, mas Schwartz reconhece que o conselho do condado “enfatizou a necessidade de comunicações completas e direcionadas àqueles que seriam impactados antes do início dos trabalhos”. Mas isso não aconteceu.

Motoristas enfrentaram o desafio de fazer inversões e descobrir desvios para entrar em estacionamentos e conjuntos habitacionais. Na página do projeto na internet , as autoridades agora estão pedindo aos motoristas que evitem viajar pela área, se possível, e oferecendo rotas alternativas , incluindo a já movimentada Rota 50 e a Rota 7.

Projeto

Como parte do projeto geral para tornar a Columbia Pike uma rota mais segura e acessível para os usuários, o foco atual é a atualização de linhas subterrâneas, com a substituição de velhas tubulações de água e esgoto propensas a vazamentos.

As melhorias na paisagem urbana incluirão calçadas mais amplas, sinais de trânsito atualizados, nova iluminação pública e árvores adicionais ao longo da via. A conclusão está prevista para o início de 2021.

 

(Com informações de WTop)

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes