A Metro expandiu seu serviço de ônibus e reabriu 15 estações que foram fechadas anteriormente em resposta à pandemia do Covid-19 na área de DMV. Nesse domingo (28), a estação do cemitério de Arlington era a única a permanecer fechada, pois o cemitério segue sem poder receber visitantes.

A reabertura engloba as seguintes estações: Federal Center SW, Federal Triangle,

Mount Vernon Square, Judiciary Square, Arquives, Smithsonian, Greensboro, Eisenhower Avenue, Virginia Square, East Falls Church, McLean, De Dorn Street, Clarendon, Cleveland Park, Grosvenor-Strathmore, Cheverly, College Park e Morgan Boulevard.

As estações de Greensboro, East Falls Church e McLean estão reabrindo com o serviço de ônibus apenas, porque suas plataformas estão atualmente em reconstrução. O embarque na porta traseira continuará até novo aviso e os passageiros e funcionários ainda deverão usar máscaras, de acordo com a Metro.

Além das reaberturas de estações, mais entradas serão reabertas em Anacostia, Farragut North, Dupont Circle, Metro Center, Aeroporto Nacional Ronald Reagan Washington, U Street, Galeria Place-Chinatown, Friendship Heights e L’Enfant Plaza.

Ônibus

A partir desta segunda-feira (29), também passará ônibus com mais frequência nas 14 rotas mais movimentadas: 54, 70, 92, 30N, 30S, A4, A6, A8, P6, V4, W4, F4, P12 e T18.

Publicidade
CCA idiomas

Ao mesmo tempo, a Metro interromperá temporariamente o serviço em quatro rotas que afirma ter um número de passageiros muito baixo: NH2, C14, G2 e M6. Segundo o sistema de transporte, a suspensão dessas rotas possibilita o aumento do serviço nas outras linhas. A orientação aos passageiros dessas rotas é que usem “serviço de ônibus alternativo nas proximidades”.

Além disso, a frequência de ônibus será reduzida em outras rotas. A 22A funcionará a cada 60 minutos, das 6h30 às 11 horas e das 13h30 às 18h30. O serviço será prestado apenas entre a Estação Pentagon e Shirlington. Não haverá serviço entre Shirlington e Ballston-MU Station. Também houve alteração de horários nas linhas 62, D2, E2, H6, U4 e X8.

Demanda

Enquanto o número de passageiros no Metrorail ainda diminuiu mais de 90% em comparação com o mesmo período do ano passado, alguns passageiros voltaram nas últimas semanas.

No início da pandemia de coronavírus, o número de passageiros diários oscilava entre 33 mil e 37 mil, às vezes caindo ainda mais. Mais recentemente, tem ficado frequentemente na casa dos 40 mil, às vezes ultrapassando os 50 mil.

(Com informações de WJLA)

Publicidade
CCA idiomas