Depois das enchentes e desabamentos registrados em São Paulo, o prejuízo é grande: centenas de casas e comércios invadidos pela água e carros levados com os alagamentos. No cenário de caos, nem mesmo os carros de luxo escaparam.

Em um vídeo que circula no WhatsApp, uma garagem subsolo localizada na Vila Leopoldina ocupada por carros de luxo, entre eles, uma Lamborghini Huracán, um Porsche Cayman e uma Range Rover Sport enche de água.

O carro em pior estado aparenta ser a Huracán, avaliada em 1,7 milhão. O homem que grava o vídeo relata que há fumaça saindo do capô do carro, e que as luzes de LED e pisca-alerta estão ativados.

O volume de água registrado no intervalo de 24 horas foi o maior para um mês de fevereiro em 37 anos, informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

 

Ceagesp contabiliza prejuízo milionário

Outro local também muito atingido foi a Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo, que amanheceu sem energia nesta terça-feira (11).

O entreposto segue fechado e os funcionários fazem, desde a noite desta segunda (10), limpeza do local.

Maior entreposto da América Latina, a Companhia ainda contabiliza as perdas provocadas pelo temporal. Os comerciantes descartam os alimentos que foram atingidos pelas enchentes.

A feira de flores e pescado que ocorre nas madrugadas de terças-feiras teve de ser cancelada. A estimativa é que o prejuízo chegue a R$ 12 milhões.

Porsche de R$1,7 mi afunda em enchente de São Paulo 1

 

Prefeitura não usou verba total para prevenção de enchentes

Levantamento realizado com base nos dados de execução orçamentária do município, mostra que a Prefeitura de São Paulo usou 48% da verba reservada no orçamento para prevenção de enchentes em 2019. Do total de R$ 973 milhões previstos para o ano, apenas R$ 474 milhões foram utilizados.

Publicidade

Para obras em áreas de risco, foram reservados mais de R$ 188 milhões. Destes, foram usados R$ 67 milhões, 35% do total.

Para André Marques, coordenador dos cursos de gestão de políticas públicas do Insper, o investimento nessas áreas fez falta. “Se a cidade estivesse com o sistema de drenagem todo funcionando em perfeito estado de vazão de suas águas, ok. Acho que não teria problema nenhum dizer assim: vou gastar menos nessa situação e vou gastar num outro item onde a cidade está efetivamente necessitando mais.”

Ainda segundo Marques, “novamente, foram necessários poucos dias do ano para poder colocar esse sistema sob teste e verificar que esse sistema efetivamente não está funcionando da maneira como deveria. Ou seja, parece que há sim necessidade de investimento maior, do gasto desse valor nesse sistema de drenagem.”

Porsche de R$1,7 mi afunda em enchente de São Paulo 2

 

Atingidos podem pedir isenção de IPTU

Os moradores de São Paulo que tiveram suas casas invadidas pela água poderão pedir isenção do Imposto Predial e Terrirorial Urbano (IPTU) no ano que vem.

A exemplo do que ocorreu em 2019 com habitantes de bairros como o Ipiranga, os paulistanos afetados deverão procurar a subprefeitura de sua região e comprovar os danos.

“Esse é um procedimento padrão da cidade de São Paulo. Tivemos isso no Ipiranga no ano passado e as pessoas podem procurar a isenção”, afirmou o prefeito Bruno Covas em entrevista à TV Globo.

Segundo o Corpo de Bombeiros até o início da tarde desta segunda a Grande São Paulo registrou cerca de 545 enchentes, 88 desmoronamentos e desabamentos além de 97 quedas de árvores

Aulas suspensas e serviços públicos paralisados

Ao todo, 37 escolas estaduais e 43 municipais tiveram as aulas suspensas. Colégios privados também foram afetados pela forte chuva e interromperam a programação normal. Órgãos importantes, como PF (Polícia Federal), Justiça e MPF (Ministério Público Federal) também tiveram trabalhos interrompidos. Segundo a prefeitura, 41 unidades básicas de saúde não abriram por causa das enchentes.

Com o grande volume de água, o rio Tietê transbordou e o Pinheiros atingiu o maior nível de água desde 1967. As marginais tiveram trechos travados.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes