As companhias de energia também estão preparadas para responder a eventuais danos causados pela tempestade tropical Isaias na área de DMV, como a queda de árvores sobre a fiação elétrica, o que pode levar à suspensão do abastecimento na região.

A Dominion Energy disse que tem equipes e equipamentos a postos em suas áreas de serviço na Virgínia, Carolina do Norte e Carolina do Sul, e está se preparando para quedas de energia que podem levar dias para serem restauradas.

Os clientes podem relatar falhas no serviço pela internet ou no telefone 1-866-366-4357. Assim que for seguro, a companhia vai avaliar os danos e restaurar o fornecimento nesta ordem: instalações de saúde pública e segurança; retorno do serviço ao maior número de clientes no mínimo tempo; casas individuais e grupos menores de clientes.

A Pepco vem se preparando para a tempestade desde a semana passada e trouxe mais equipes de reparos e representantes extras de atendimento ao cliente para a área, a fim de atender chamadas sobre emergências e paralisações. Os problemas no fornecimento de energia podem ser relatados neste endereço.

A BGE assegura que suas equipes trabalharão o mais seguro e rápido possível para restaurar a energia e orienta os clientes que ficarem sem eletricidade ou precisarem denunciar danos à rede elétrica a ligar para o número 877-778-2222. Falhas também podem ser reportadas através de mensagens para MYBGE (69243) ou por meio do aplicativo móvel gratuito da BGE, disponível na Apple Store e GooglePlay.

Temporada

Isaias é apenas o mais recente de uma maratona de tempestades desde o início da temporada. A temporada de furacões no Atlântico tem em média cerca de 12 sistemas nomeados e seis furacões, principalmente de junho a novembro – mas 2020 está em tendência hiperativa.

Publicidade

“Esta é a nona tempestade nomeada da temporada. Normalmente, não atingimos o número nove até chegarmos no fim de setembro. Este já é o segundo furacão da temporada. Era para ser ativo, e certamente está saindo dessa maneira”, afirma o porta-voz do National Hurricane Center, Dennis Feltgen.

Antes do início da temporada, o Centro de Previsão do Clima da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica, com sede em Maryland, previu entre 13 e 19 tempestades nomeadas este ano, com entre seis e dez se tornando furacões, e três a seis chegando à intensidade de categoria 3.

A agência programa emitir uma previsão revisada nesta quinta-feira (6) – e Feltgen disse que provavelmente refletirá a explosão de atividade no início da temporada.

Isaias já causou destruição no Caribe: na quinta-feira (30), antes de se tornar um furacão, arrancou árvores, destruiu plantações e casas, e causou inundações generalizadas e pequenos deslizamentos de terra na República Dominicana e em Porto Rico.

Um homem morreu na República Dominicana. Em Porto Rico, a Guarda Nacional resgatou pelo menos 35 pessoas de enchentes. A água também levou uma mulher, cujo corpo foi recuperado no sábado (1º).

(Com informações de WTop e Associated Press)

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas