As Escolas Públicas do Condado de Carroll, em Maryland, foram um dos 100 sistemas escolares em todo o país selecionados para participar de um programa piloto do Google. A iniciativa foi desenvolvida para ensinar aos estudantes os fundamentos da tecnologia da informação, levando à certificação na área, e os alunos da Francis Scott Key High School terão a oportunidade de assistir às aulas em setembro de 2021.

Bill Eckles, supervisor de carreira e educação técnica, explica que parte da aula é um curso baseado na internet, com palestras em vídeo de funcionários do Google. A outra parte é prática. Os alunos trabalharão na solução de problemas, atendimento ao cliente, rede, sistemas operacionais, administração de sistema e segurança. A escola vai instalar RAM e conectar impressoras à internet para o desenvolvimento do programa.

De acordo com um comunicado à imprensa do sistema escolar, os alunos também receberão instruções sobre os preparativos para o currículo e as entrevistas, além de “ouvir os Googlers sobre suas experiências de trabalho em TI”.

O programa começará com uma única turma, mas Eckles disse que pode se expandir para outras escolas com o tempo. Sua esperança é que a expansão possa começar um ano após o lançamento na Francis Scott Key. “Assim que experimentarmos, saberemos o que fazer para preparar as pessoas”, afirma.

Publicidade

“Estamos realmente muito animados por poder oferecer este tipo de programa”, relata Shannon Mobley, diretora da escola. Ela conta que ainda não sabe como será oferecido, mas observa que pode ser baseado nas aulas que os alunos fizerem, parte de um estudo independente ou parte de uma aula de conclusão.

Segundo Eckles, o programa vai preparar os alunos para uma certificação de nível básico, que pode colocá-los imediatamente em um emprego logo após a formatura do ensino médio. Ou eles poderiam prosseguir na área ainda mais em uma faculdade ou universidade.

(Com informações de Baltimore Sun)

Publicidade