O Distrito de Columbia começou nesta semana os trabalhos de conservação no icônico Arco da Amizade, localizado na 7th e H Streets, NW, na histórica Chinatown. O esforço envolve várias agências e é liderado pela Comissão de Artes e Humanidades de DC (CAH), em parceria com o Gabinete do Prefeito de Assuntos das Ilhas da Ásia e do Pacífico (Moapia), o Departamento de Serviços Gerais (DGS), o Departamento Distrital de Transportes (DDOT) e a Autoridade de Trânsito Regional da Região Metropolitana de Washington (WMATA).

“A arte tem o poder de ensinar a todos nós. Acreditamos que, ao conservar a beleza e a majestade do Arco da Amizade, todos os residentes e visitantes do distrito poderão apreciar melhor a história e a cultura que ele representa”, afirma Heran Sereke-Brhan, diretor interino do CAH.

Durante a duração do projeto, a calçada dos blocos 600 e 700 da H Street, NW, será fechada. Nas duas primeiras e nas últimas duas semanas de obras, a H Street, NW, entre a 6th Street e 7th Street, estará completamente fechada das 21 horas às 5 horas, com um desvio sinalizado. Todos os usuários da estrada devem ter cuidado ao viajar pela zona de trabalho.

“O Departamento de Serviços Gerais tem a honra de ter um papel colaborador na restauração do histórico Arco da Amizade de Chinatown, visitado por muitos em todo o mundo”, declara o diretor da DGS, Keith A. Anderson. “Através da nossa Divisão de Serviços de Construção, ajudaremos na supervisão geral do projeto e garantiremos que os andaimes ao redor da estrutura sejam sólidos, para que os artistas possam executar com segurança esse importante trabalho”, completa.

Publicidade
Curso de Inglês Marcondes

História

Projetado pelo arquiteto local Alfred Liu, o Arco da Amizade foi dedicado em 1986 para comemorar o recém-estabelecido relacionamento das cidades irmãs entre o Distrito de Columbia e Pequim, na China.

Desde então, apenas uma restauração da estrutura ocorreu em 2009 e o arco agora precisa de reparos para restaurar rachaduras, ladrilhos soltos, fontes de luz que não funcionam, tinta descascada e limpeza geral. Liu e sua empresa serão os principais contratados para o trabalho de conservação.

Durante todo o processo de reforma, as agências parceiras aproveitarão a oportunidade para se envolver com o público nas técnicas artísticas envolvidas na criação do arco, bem como na história do bairro de Chinatown e na população asiático-americana do Distrito. A conclusão do projeto está prevista para outubro.

Publicidade