No estádio Centenário, em Montevidéu, o Brasil enfrentou o Uruguai e derrotou a equipe da casa por 2 a 0, em jogo válido pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. Os autores dos gols nessa terça-feira (17) foram Arthur e Richarlison.

O resultado mantém a Seleção na primeira colocação, com 12 pontos. Mais do que isso: o time treinado por Tite segue com 100% de aproveitamento na competição, com quatro vitórias em quatro jogos – assegurando, portanto, a invencibilidade em 2020.

Depois de bater a Bolívia por 5 a 0 e o Peru por 4 a 2 nas datas Fifa de outubro, o Brasil venceu a Venezuela por 1 a 0 na última sexta-feira (13), pela terceira rodada da competição, com gol do atacante Firmino, no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Com esse retrospecto, a Canarinho jogou de igual para igual com os uruguaios, apesar de atuar fora de casa. Trabalhando melhor a bola, conseguiu abrir o placar aos 33 minutos. A jogada começou com Everton Ribeiro pela ponta direita. Danilo recebeu passe e cruzou, Gabriel Jesus ajeitou e Arthur chegou para finalizar – o chute desviou na defesa uruguaia e entrou.

Publicidade

A Seleção manteve o controle e conseguiu chegar ao segundo gol aos 44 minutos. Após cobrança de escanteio curta, Renan Lodi recebeu e cruzou na cabeça de Richarlison, que testou no canto para marcar.

No segundo tempo, o Brasil voltou ameaçando mais e teve boas oportunidades para ampliar. Mesmo com a expulsão do uruguaio Cavani, por entrada desproporcional em Richarlison, a Celeste tentou reagir e até balançou a rede logo depois com Cáceres, em bate-rebate após cobrança de escanteio. Porém, a arbitragem pegou posição irregular do lateral-direito e anulou o gol.

Tite armou o time com Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Arthur, Douglas Luiz (Bruno Guimarães), Everton Ribeiro (Lucas Paquetá); Gabriel Jesus, Richarlison (Everton) e Roberto Firmino. O próximo desafio da Seleção nas Eliminatórias será apenas em 25 de março de 2021, contra a Colômbia, ainda sem local definido.

Publicidade