Duas semanas atrás, os organizadores do Festival de Cinema de Annapolis, em Maryland, estavam se preparando para o seu oitavo evento anual, planejando exibições públicas e convidando cineastas famosos. Então o mundo mudou, devido à disseminação do novo coronavírus Covid-19.

Na mesma rua do festival, na Casa Estadual de Maryland, o governador Larry Hogan anunciou uma série de medidas para retardar a propagação do vírus, primeiro restringindo multidões em eventos públicos e fechando todos os negócios não essenciais nesta semana.

“Foi duas semanas antes do festival que tivemos que encerrar nosso festival físico. Nesse período, nos reinventamos, com nosso novo canal AFF, que trará uma apresentação virtual”, comenta Patti White, uma das organizadoras do evento.

As exibições dos mais de 70 filmes foram originalmente planejadas para o Maryland Hall for Creative Arts, Annapolis Elementary School, Asbury United Methodist Church e Key Auditorium no Saint John’s College. Em vez disso, muitos dos filmes serão transmitidos agora pelo canal on-line.

“Esta plataforma de streaming segura é muito parecida com a Netflix. Haverá acesso virtual para o fim de semana, de 27 a 29 de março, e o público poderá estar seguro em casa, assistindo à nossa maravilhosa lousa”, reforça outro organizador, Lee Anderson.

Publicidade
CCA idiomas

Ausências

Nem todos os filmes programados estarão disponíveis para transmissão, incluindo o sucesso do Festival de Cinema de Toronto “Military Wives”, as seleções do Festival de Cannes “The Climb” e “Stage Mother” e os escolhidos de Sundance “Giving Voice”, “The Perfect Candidate” e ” Nave Espacial Terra”.

“Haverá distribuidores que não se sentirão confortáveis ​​com os novos lançamentos de filmes em uma plataforma como esta. Nós entendemos isso… Mesmo que tenhamos perdido alguns de nossos filmes de estreia, estamos realmente empolgados com a mostra que temos”, afirma Patti.

Em exibição

A lista de exibição inclui a comédia de Billy Crystal “Standing Up, Falling Down”; “On a Magical Night”, que ganhou o prêmio de melhor atriz em Cannes, com Chiara Mastroianni; “My Name is Sara”, dirigido por Steven Oritt; os documentários “Maiden”, sobre o capitão de vela britânico Tracy Edwards; “Scattering CJ”, que mostra a busca de uma mãe por respostas à morte do filho; “Alan Magee: Art is Not a Solace”. Também estarão disponíveis curtas como “The Neighbor’s Window”.

(Com informações de WTop)

Publicidade
Curso de inglês