Para os admiradores de DC, o Oscar foi apenas um aquecimento para a verdadeira estrela da temporada de premiações: o James Beard Foundation Awards, voltado a restaurantes. Parecia difícil acompanhar as grandes vitórias da cidade em 2019, quando Kwame Onwuachi e Tom Cunanan levaram para casa as principais honras nas categorias Rising Star Chef e Melhor Chef Mid-Atlantic. Mas com 22 indicados locais como semifinalistas novamente este ano, as chances são grandes.

A área de DMV está representada em todas as categorias, exceto o Outstanding Baker, que Mark Furstenberg venceu em 2017, e o Outstanding Bar Program, no qual o Columbia Room é um candidato nos últimos três anos. Ashok Bajaj, que antes de 2019 havia sido nomeado semifinalista na categoria Melhor Restaurateur desde 2008, foi novamente deixado de fora da lista.

O Rooster & Owl, que oferece um dos menus de degustação mais acessíveis da cidade, e o único restaurante birmanês de DC, Thamee, foram apontados como candidatos na tão esperada categoria “Melhor restaurante novo”.

Paola Velez , nomeada semifinalista do Rising Star Chef como chef executiva de pastelaria da Kith & Kin, pode sentir uma pressão especial quando seu chefe, Onwuachi, levou para casa o prêmio nessa mesma categoria.

Publicidade

Anju  já tem uma conquista este ano, pois foi nomeado o restaurante número um em DC pela Washingtonian Magazine há algumas semanas. Agora, o restaurante coreano tem seu chef executivo, Angel Barreto, e o co-proprietário, Danny Lee, indicados para prêmios nas categorias Rising Star e Best Chef.

Os indicados finais serão anunciados em 25 de março e os vencedores serão apresentados na solenidade de gala do James Beard Awards 2020, em 4 de maio.

(Com informações de WUSA)

Publicidade