O governo de Maryland instituiu uma nova iniciativa, de US$ 10 milhões, para fornecer apoio a milhares de agricultores afetados pela pandemia de Covid-19. O programa oferecerá assistência direta aos avicultores contratados e um pagamento de bônus para produtores rurais que receberam financiamento por meio da primeira rodada do Programa Federal de Assistência Alimentar Coronavírus (CFAP).

“Com muita frequência, nossos agricultores não recebem o respeito ou a apreciação que merecem, mas quero que toda a comunidade agrícola saiba que seu compromisso com nosso estado e com nossa agroindústria não passa despercebido”, afirma o governador Larry Hogan.

Publicidade

O financiamento federal do CFAP não está disponível atualmente para avicultores contratados, que é a principal commodity agrícola de Maryland. De acordo com o novo programa estadual, o Departamento de Agricultura emitirá pagamentos diretos de US$ 1 mil por aviário, até cinco unidades por granja. Os produtores que tiveram redução na produção durante a pandemia podem ainda receber um adicional de US$ 1,5 mil.

A nova iniciativa também oferecerá um pagamento de bônus de 15% a qualquer agricultor de Maryland que recebeu financiamento federal do CFAP. O programa federal fornece assistência financeira aos produtores de commodities agrícolas que sofreram uma queda de preço de 5% ou mais, ou que tiveram perdas devido a interrupções na cadeia de abastecimento do mercado relacionadas com a pandemia. O estado distribuiu quase US$ 24 milhões na primeira rodada de pagamentos e mais de US$ 16 milhões na segunda.

Publicidade