O governador Larry Hogan autorizou o Departamento do Trabalho de Maryland a tomar medidas para reforçar a equipe que processa os pedidos de seguro-desemprego do estado, depois das inúmeras reclamações sobre os problemas gerados pelo aumento nas solicitações decorrente da pandemia de coronavírus e a paralisação de diversos setores econômicos.

“A disseminação deste vírus mortal está causando estragos em nossas economias nacionais e estaduais, em pequenas empresas e nas pessoas do nosso estado. Além de derrotar esse inimigo invisível e salvar milhares de vidas, não há nada mais importante para mim do que recuperar nossa economia e nosso povo”, afirma Hogan.

Enquanto mais de 94% dos pedidos são recebidos de forma on-line, estão sendo tomadas medidas agressivas para melhorar o serviço para quem tenta fazer a solicitação por telefone.

O Departamento do Trabalho de Maryland está no processo de mais do que duplicar o pessoal da central de reclamações em todo o estado e expandirá o horário da central de atendimento para os sábados.

Publicidade

A partir de sexta-feira (17), todos os elegíveis para os benefícios que terminarem na semana de 4 de abril começarão a receber US$ 600 adicionais por semana como parte do Programa Federal de Compensação do Desemprego, além dos benefícios regulares atuais.

O Departamento do Trabalho de Maryland também firmou parceria com um fornecedor para agilizar e otimizar a implementação de programas adicionais sob a Lei Cares, como o Programa de Assistência ao Desemprego Pandêmico (PUA), que expandirá a elegibilidade para aqueles que trabalham por conta própria, contratados independentes, trabalhadores de serviço público, aqueles que têm histórico de trabalho insuficiente e muito mais. Essas pessoas podem visitar este site e inserir seu endereço de e-mail para serem notificadas diretamente assim que o programa estiver disponível.

Outro programa é o de Compensação de Desemprego de Emergência Pandêmica. Ele concederá aos habitantes de Maryland que atualmente recebem benefícios, bem como requerentes recém-aprovados, mais 13 semanas de seguro-desemprego.

Publicidade
Curso Design de Cobrancelhas